CBBS

Resultado - XXV Campeonato Brasileiro Softbol Feminino Interclubes Sub15 - 2018

XXV Campeonato Brasileiro Softbol Feminino Interclubes Sub15 2018


Realizado nos dias 10 e 11 de Novembro, no ACEMA em Maringá, interior do Paraná, o 25º Campeonato Brasileiro de Softbol Feminino Sub15 premiou o Nikkei Curitiba como campeão da edição 2018, superando o Marília na finalíssima. 

Esta edição do Brasileiro contou como 8 equipes dividas em dois grupos. Além dos finalistas Nikkei Curitiba e Marília, disputaram a taça o Atibaia, Central Glória, Gecebs, Gigantes, Maringá e Nippon Blue Jays.

Abaixo todos os placares e premiados desta edição:

Primeira Fase - Grupos

CHAVE A

 

CHAVE B

Nikkei Curitiba

 

Marília

Gigantes

 

Gecebs

Atibaia

 

Central Glória

Maringá

 

Nippon Blue Jays

 

Primeira Fase - Jogos (10/11)

CHAVE B

J 01

Marília

3

x

0

Gecebs

J 02

Nippon Blue Jays

3

x

4

Central Glória

J 03

Marília

8

x

1

Nippon Blue Jays

J 04

Central Glória

2

x

5

Gecebs

 

CHAVE A

J 05

Gigantes

0

x

12

Nikkei Curitiba

J 06

Atibaia

3

x

4

Maringá

J 07

Atibaia

2

x

10

Nikkei Curitiba

J 08

Maringá

10

x

2

Gigantes

 

Semifinais (11/11)

OURO

J 09

Nikkei Curitiba

11

x

0

Gecebs

J 10

Maringá

2

x

3

Marília

 

PRATA

J 13

Atibaia

4

x

2

Nippon Blue Jays

J 14

Central Glória

9

x

2

Gigantes

 

Finais (11/11)

OURO - Disputa 3º

J 11

Marília

4

x

5

Nikkei Curitiba

 

OURO - Final

J 12

Maringá

10

x

0

Gecebs

 

PRATA - Disputa 3º

J 15

Nippon Blue Jays

5

x

0

Gigantes

 

PRATA - Final

J 16

Central Glória

8

x

7

Atibaia

 

Classificação Final das equipes:

OURO

             1º - Nikkei Curitiba

             2º - Marília

             3º - Maringá

             4º - Gecebs

PRATA

                1º - Central Glória

             2º - Atibaia

             3º - Nippon Blue Jays

             4º - Gigantes


Premiação Individual

1ª Melhor Batedora: GABRIELA NUBES TRINOSKI – Central Glória (66,7%)

2ª Melhor Batedora: FERNANDA AYUMI HIGAWA – Marília (62,5%)

Maior Potência de Batida “Slugging”: AMANDA AYUMI A. HIGASH – Gecebs (1,16)

1ª Melhor Empurradora de Carreiras: LÍVIA EIMY KIMURA – Nikkei Curitiba (6 C.)

2ª Melhor Empurradora de Carreiras: MARIA JÚLIA YUKARI S. YUAOCA – Nikkei Curitiba (5 C.)

Melhor Roubadora de Bases: BEATRIZ AKEMI ISHIHARA – Atibaia (3 B.)

Melhor Arremessadora: GIOVANA TANAKA YOSIDA – Nikkei Curitiba

Arremessadora Destaque: CHRYSSIA TAINA E. CATALAN – Marília

Melhor Receptora: BEATRIZ NARAZAKI – Marília

Receptora Destaque: LARISSA EMIRY ASATO – Maringá

Melhor 1ª Base: THAIS YUMI TANAKA HIRAKAWA – Nippon Blue Jays

Melhor 2ª Base: EMILY OGAWA – Maringá

Melhor 3ª Base: FLAVIA MIYASHIRO YAMAMOTO – Nikkei Curitiba

Melhor Inter Bases: LIVIA EIMY KIMURA – Nikkei Curitiba

Melhor Jardineira Esquerda: AMANDA OLIVEIRA GARCIA – Maringá

Melhor Jardineira Central: IOHANA SANTOS TORRES – Maringá

Melhor Jardineira Direita: CAROLINE AYUMI MITO – Marília

Atleta Destaque Chave Prata: SURYA OKADA MACHADO – Central Glória

Atleta Mais Eficiente: LARA TERUMI TAKAYAMA – Nikkei Curitiba

Melhor Jogadora do Campeonato: BEATRIZ NARAZAKI – Marília

Técnico Campeão: MILTON SATOSHI KONNO – Nikkei Curitiba

 

Fotos

https://photos.app.goo.gl/NzTaQdc2utSaG7N76

https://www.facebook.com/pg/cbbsbr/photos/?tab=album&album_id=1955699884537698


Informações e Fotos Nelson Yajima

Nikkei Curitiba Campeão Brasileiro 2018 (Foto Nelson Yajima)
Nikkei Curitiba Campeão Brasileiro 2018 (Foto Nelson Yajima)

 

Regulamento - Copa Toyota Taça Brasil de Beisebol e Softbol (Beisebol) - 2018

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE BEISEBOL E SOFTBOL

COPA TOYOTA TAÇA BRASIL DE BEISEBOL E SOFTBOL - 2018
XXV TAÇA BRASIL INTERCLUBES ADULTO

Data: 15, 17 e 18 de Novembro, e 01, 02, 15 e 16 de Dezembro de 2018
Local: Bom Retiro, São Paulo - SP


REGULAMENTO

Equipes Participantes
Anhanguera, Gecebs, Marília, Medicina USP e Nippon Blue Jays.

Sistema de Jogos
Fase Classificatória: todos contra todos (dias 15, 17 e 18/11 e 01 e 02/12).
Fase Final: semifinal (15/12), disputa de terceiro e final (16/12).

Tabela de Jogos

Fase Classificatória

Jogos de quinta (15/11/2018)

J01

Gecebs

x

Nippon Blue Jays

09:00h

J02

Anhanguera

x

Medicina USP

13:00h

Jogos do sábado (17/11/2018)

J03

Nippon Blue Jays

x

Anhanguera

09:00h

J04

Marília

x

Gecebs

13:00h

Jogos do domingo (18/11/2018)

J05

Anhanguera

x

Marília

09:00h

J06

Medicina USP

x

Nippon Blue Jays

13:00h

Jogos do sábado (01/12/2018)

J07

Gecebs

x

Anhanguera

09:00h

J08

Marília

x

Medicina USP

13:00h

Jogos do domingo (02/12/2018)

J09

Nippon Blue Jays

x

Marília

09:00h

J10

Medicina USP

x

Gecebs

13:00h


Fase Final

Semifinais

Jogos do sábado (15/12/2018)

J11

4º Colocado

x

1º Colocado

09:00h

J12

3º Colocado

x

2º Colocado

13:00h


Finais

Jogos do domingo (16/12/2018)

Disputa 3º

J13

Perdedor (J11)

x

Perdedor (J12)

09:00h

 

Final

J14

Vencedor (J11)

x

Vencedor (J12)

13:00h


As equipes descritas do lado direito/esquerdo ocuparão o bench da terceira/primeira base e iniciarão o jogo na defesa/ataque.
Para os jogos J13 e J14, ataque e defesa serão definidas por sorteio. 
Somente a equipe campeã estará automaticamente classificada para a XXVI Taça Brasil 2019. As quatro vagas restantes serão preenchidas pelas quatro equipes melhores classificadas no LXXIII Campeonato Brasileiro Adulto 2019.

Critério Técnico
a. Maior número de vitórias;
b. Confronto direto;
c. Maior TQB = (Pontos conquistados/Número de innings atacados) - (Pontos cedidos/Número de innings defendidos);
d. Maior saldo de pontos;
e. Maior número de pontos a favor;

f. Sorteio;

     Após definir a classificação de uma equipe por um determinado item, retornar sempre ao item (a) para continuar a definição das demais equipes.

Considerações Gerais
Taxa de participação: de acordo com a Tabela de taxas e anuidades;
Bolas: todas as equipes deverão ceder 5 (cinco) bolas de novas no início do seu jogo e tantas quantas forem necessárias durante o jogo;
Árbitros: a arbitragem de todos os jogos ficarão sob a responsabilidade da AAA;
Jogos não realizados e interrompidos: (a) os dias 24 e 25/nov, 08 e 09/dez estão reservados para eventuais jogos não realizados (por exemplo chuvas);
                                                        (b) a tabela não será alterada em função dos jogos atrasados;
                                                        (c) os jogos interrompidos antes do 5º inning ou não realizados por causa da chuva, um novo jogo será reagendado em local e data a serem definidos pelo Diretor Técnico e Comissão Técnica do Campeonato;
                                                        (d) os jogos interrompidos por causa da chuva depois de fechar o 5º inning e se estiverem empatados, a continuação será reagendada em local e data a serem definidos pelo Diretor Técnico e Comissão Técnica;
                                                        (e) os jogos empatados após o 9º inning serão decididos por Tie Break;
Relação da Delegação:(a) máximo de 35 (trinta e cinco) atletas regularmente registrados nas Federações e CBBS;
                                 (b) empréstimos e/ou transferências (com carta e taxas recolhidas) limitados a 3 (três) atletas da mesma equipe. Na relação da delegação indicar se é empréstimo ou transferência;
                                 (c) no line up poderá constar no máximo de 24 (vinte e quatro) atletas e só eles poderão participar dessa partida;
                                 (d) poderão ser feitas alterações na Relação da Delegação: inclusão e exclusão somente de atletas que nunca constaram no line up;
                                 (e) data limite de entrega: lista 1 até às 17:00 horas de 12/11/2018 (2a feira) e lista 2 até às 17:00 horas de 28/11/2018 (4a feira);
                                 (f) para os eventuais jogos pendentes também fica valendo essas datas; (g) as listas serão divulgadas para todas as equipes;
Bolsa Atleta: máximo de 22 (vinte e dois) atletas com menos de 35 anos, das equipes campeã, vice campeã e 3a colocada terão direito à bolsa atleta. Relacionar os 22 atletas da lista 3 até às 17:00 horas de 31/12/2018;
Refeição: (a) obrigatório o pagamento mínimo de 15 (quinze) almoços no baitem;
              (b) café da manhã e janta, combinar antecipadamente direto com Atsushi Fujitani no (11) 4178-0213, (11) 9-7076-3245 ou Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.;
Chuva: na impossibilidade de jogar no Bom Retiro por causa da chuva, os jogos poderão ser transferidos para outros campos. O primeiro campo alternativo será o CT CBBS/Yakult, o segundo será o Nippon Blue Jays e o terceiro será o Gecebs;
Taxa de uso do Bom Retiro: será por conta da CBBS;
Despesas: as equipes de Anhanguera, Gecebs, Medicina USP e Nippon Blue Jays ajudarão nas despesas de viagem da equipes de Marília. No reagendamento de um novo jogo ou a continuação envolvendo a equipe de Marília, as despesas com os deslocamentos extras das equipes serão discutidas com todas as equipes. Desde já fica combinado que na próxima Taça Brasil em que tiver a participação da equipe de interior, poderá ser realizada uma rodada da fase classificatória na cidade do interior;
Ambulância. será por conta da CBBS;
Anotação: cada equipe deverá providenciar um(a) anotador(a) para anotar na mesa. Favor enviar o nome da anotadora para a Sonoe Hirae no Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.;
Encerramento: O atleta ausente na cerimônia de encerramento não terá direito de receber a premiação;

Regulamento para agilizar o andamento dos jogos
Durante o jogo é permitida somente a entrada do técnico principal dentro do campo para dialogar com os árbitros. Não é permitida a entrada de outros dirigentes da delegação oficial;
Não é permitida a invasão de atletas do bench dentro do campo, principalmente na área do home plate enquanto o lance não estiver concluído;
No home run, os membros da equipe do rebatedor não poderão invadir a área do home até o rebatedor tocar o home plate.  O descumprimento resultará em uma advertência e se isto ocorrer novamente, o técnico principal será expulso do jogo;
O rebatedor deverá permanecer no seu batter's box a menos que peça tempo e o árbitro achar que o pedido é razoável. Caso contrário, o árbitro poderá autorizar o início do movimento para o arremessador;
Os atletas deverão agilizar as trocas de ataque/defesa em 12 segundos;
O aquecimento do arremessador nas trocas de ataque/defesa está limitado em 60 segundos;
As equipes deverão ter sempre um receptor preparado com o uso obrigatório da máscara protetora para o aquecimento do arremessador;
Somente o receptor poderá ir até a área do arremessador para falar com o arremessador, somente uma vez por inning. Também somente o receptor poderá ir até a área do arremessador na presença do técnico. Outros defensores não poderão ir em nenhum momento;
O knock durante o jogo é permitido somente na primeira defesa de cada equipe;
Na primeira reclamação de strike/ball, safe/out ou fair/foul, todos os integrantes da delegação dessa equipe ficam advertidos. Na segunda reclamação o reclamante será expulso do jogo. Caso não seja possível identificar o reclamante, o técnico principal será penalizado;
A equipe que se recusar a jogar, abandonar uma partida ou simplesmente não comparecer no horário agendado, perderá o jogo por WO e será julgado pelo STJD;
Para os casos que não constam neste Regulamento, aplicar o CT 2018. Os casos não previstos, não discutidos e não combinados serão decididos pelo Diretor Técnico e pela Comissão Técnica deste Campeonato.

Comissão Técnica
Alberto Yamamoto, Aquira Azuma, Felipe Shigihara, Job Fugice, Kioshi Yano, Lucas França, Nelson Yajima, Paulo Nakashima, Paulo Suzuki, Ramon Ito, Ricardo Yokoyama, Ricardo Iguchi e Vagner Nackachima

Contatos
CBBS: (11) 5034-9904, (11) 5034-2512, Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.;
AAA: Alberto Iwano (11) 98145-3599 ou Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.; Paulo Yamada (11) 97369-4737; Everaldo Medeiros (11) 5631-1709 e 99634-9625 ou Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.; Bom Retiro (11) 3221-5105;
Atsushi Fujitani (baitem): (11) 4178-0213, (11) 9-7076-3245 ou Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.;


Departamento Técnico
Confederação Brasileira de Beisebol e Softbol

Resultado - Campeonato Panamericano de Beisebol Sub14 - 2018

CAMPEONATO PANAMERICANO DE BEISEBOL SUB-14 2018


Entre os dias 03 e 11 de Novembro, a Seleção Brasileira Sub14 disputou nos estado mexicano de Tamaulipas mais uma edição do Panamericano da categoria. 

Além do Brasil, participaram do Panamericano outras 4 seleções: Guatemala, México, Panamá e República Dominicana.

Ficando com o quarto lugar na primeira fase, após três derrotas e apenas uma vitória contra a Guatemala, a seleção foi para a segunda fase tendo como adversário a própria Guatemala, em três jogos, para decidir quem iria para a disputa do bronze. 

Duas vitórias sobre os guatemaltecos levou o Brasil a disputa do terceiro, dispensado o terceiro jogo da segunda fase. Na disputa do terceiro lugar a vitória por 4 a 3 deu a medalha de bronze aos garotos brasileiros.

O campeão do Panemericano foi o dono da casa, o México, que venceu o Panamá por 10 a 4 na final.

Abaixo todos os placares dos jogos do Brasil:

Primeira Fase

DATA

SELEÇÃO

PLACAR

SELEÇÃO

03/11

REP. DOMINICANA

17

x

7

BRASIL

03/11

BRASIL

0

x

10

MÉXICO

06/11

PANAMÁ

14

x

1

BRASIL

07/11

BRASIL

17

x

2

GUATEMALA


Classificação Primeira Fase
 

POSIÇÃO

SELEÇÃO

VITÓRIAS

DERROTAS

1

Panamá

5

0

2

México

4

1

3

Rep. Dominicana

3

2

4

Brasil

1

4

5

Guatemala

0

5

 

Segunda Fase

DATA

SELEÇÃO

PLACAR

SELEÇÃO

09/11

BRASIL

16

x

6

GUATEMALA

09/11

GUATEMALA

9

x

24

BRASIL

Disputa 3º

DATA

SELEÇÃO

PLACAR

SELEÇÃO

11/11

BRASIL

4

x

3

REP. DOMINICANA

Final

DATA

SELEÇÃO

PLACAR

SELEÇÃO

11/11

MÉXICO

10

x

4

PANAMÁ


Prêmios Individuais:

Kayky Sakita - melhor jardineiro central e melhor rebatedor
Caio Norimatsu - arremessador com mais vitórias
Koji Makita - maior roubador de bases
 

 

Regulamento - XXXV Campeonato Brasileiro Interclubes Infantil - 2018

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE BEISEBOL E SOFTBOL

XXXV CAMPEONATO BRASILEIRO INTERCLUBES INFANTIL - 2018

Data: 10 e 11 de Novembro de 2018
Local: Presidente Prudente - SP


REGULAMENTO

Equipes Participantes
Anhanguera, Atibaia, Bastos, Cooper Clube, Gecebs, Indaiatuba, Londrina, Marília, Naviraí, Nikkei Curitiba, Nippon Blue Jays, Pinheiros, Presidente Prudente e Tozan.

Sistema de Jogos
No sábado (10), as 14 equipes serão divididas por sorteio dirigido em 2 grupos A e B de 4 equipes e 2 grupos C e D de 3 equipes cada, onde jogarão dentro dos grupos conforme a tabela.
Para o grupo OURO classificarão os campeões de cada grupo. Para o grupo PRATA, classificarão os vice-campeões de cada grupo. Para o grupo BRONZE, classificarão os melhores terceiros colocados e para o grupo INCENTIVO classificarão os outro terceiros colocados e os dois quartos colocados.
No domingo (11) serão disputadas as semifinais e as finais dentro de cada grupo.

Tabela de Jogos

Chaveamento Primeira Fase

GRUPO A

 

GRUPO B

1 -

 

5 -

2 -

 

6 -

3 -

 

7 -

4 -

 

8 -

 

GRUPO C

 

GRUPO D

9 -

 

12 -

10 -

 

13 -

11 -

 

14 -


Jogos do sábado (10/11/2018)

 

GRUPO A - Campo 1

J 01

1

 

x

 

3

J 02

2

 

x

 

4

J 03

V (J 01)

 

x

 

V (J 02)

J 04

P (J 01)

 

x

 

P (J 02)

 

 

GRUPO B - Campo 2

J 05

5

 

x

 

6

J 06

7

 

x

 

8

J 07

V (J 05)

 

x

 

V (J 06)

J 08

P (J 05)

 

x

 

P (J 06)

 

 

GRUPO C - Campo 3

J 09

9

 

x

 

10

J 10

11

 

x

 

P (J 09)

J 11

V (J 09)

 

x

 

11

 

 

GRUPO D - Campo 4

J 12

12

 

x

 

13

J 13

14

 

x

 

P (J 12)

J 14

V (J 12)

 

x

 

14

No sábado (10/nov) os jogos J04 e J08 estão limitados em 80 minutos. 


Tabela de Jogos
 
Chaveamento Fase Final

OURO

 

PRATA

1º A

 

2º A

1º B

 

2º B

1º C

 

2º C

1º D

 

2º D

 

BRONZE

 

INCENTIVO

1º Terceiro

 

4º Terceiro

2º Terceiro

 

4º A

3º Terceiro

 

4º B


Jogos do domingo (11/11/2018)

 

OURO / PRATA - Campo 1

J 21

Ouro 4

 

x

 

Ouro 1

J 25

Prata 3

 

x

 

Prata 2

J 23

V (J 21)

 

x

 

V (J 22)

 

 

OURO / PRATA - Campo 2

J 22

Ouro 3

 

x

 

Ouro 4

J 24

Prata 4

 

x

 

Prata 1

J 26

V (J 25)

 

x

 

V (J 24)

 

 

BRONZE - Campo 3

J 27

Bronze 3

 

x

 

Bronze 2

J 28

Bronze 1

 

x

 

P (J 27)

J 29

V (J 27)

 

x

 

Bronze 1

 

 

INCENTIVO - Campo 4

J 30

Incentivo 3

 

x

 

Incentivo 2

J 31

Incentivo 1

 

x

 

P (J 30)

J 32

V (J 30)

 

x

 

Incentivo 1


No domingo (11) todos os jogos do Ouro, Prata, Bronze e Incentivo serão sorteados. Com exceção dos jogos J21O, J22O e J23O, todos os jogos estão limitados em 80 minutos. Nos jogos J23O e J26P, ataque e defesa serão sorteados.

Tabela alternativa em caso de chuva
Em caso de chuva, uma nova tabela será definida pela Comissão Técnica em função do volume da chuva, do dia e da hora que chover, das condições em que os campos se encontrarem, dos jogos já realizados, etc. Quando chover, as equipes deverão ficar atentas às possíveis mudanças na tabela de jogos. 

Critério Técnico
a. Maior número de vitórias;
b. Confronto direto;
c. Maior TQB = (Pontos conquistados/Número de innings atacados) - (Pontos cedidos/Número de innings defendidos);
d. Maior saldo de pontos;
e. Maior número de pontos a favor;

f. Sorteio;

     Após a definição de uma ou mais equipes por um determinado item, retornar sempre ao item (a) para continuar a definição da classificação das equipes. 

Regulamento para agilizar o andamento dos jogos
     a. Os coach’s devem sempre permanecer nos seus coach’s box, senão os árbitros poderão contar como um pedido de tempo no ataque;
     b. Somente o técnico principal poderá dialogar com os árbitros dentro do campo;
     c. O rebatedor deverá permanecer no seu bateras box a menos que peça tempo e o árbitro achar que o pedido é razoável. Caso contrário, ele poderá autorizar o pitcher a iniciar o movimento do arremesso;
     d. Os atletas deverão agilizar as trocas de ataque/defesa em 12 segundos. Deverão ter sempre um receptor preparado com máscara (obrigatório) para o aquecimento do arremessador que está limitado em 60 segundos;
     e. Somente o receptor poderá ir até a área do arremessador para falar com o arremessador e isso é permitido uma vez por inning. Também somente o receptor poderá ir até a área do arremessador na presença do técnico. Outros defensores não poderão ir em nenhum momento;
     f. Não é permitida a invasão de atletas do bench dentro do campo, principalmente no home runs, até o rebatedor tocar o home plate;
     g. O knock durante o jogo é permitido somente na primeira defesa de cada equipe;
     h. Não haverá tempo de treinamento dentro dos campos entre um jogo e outro. Entregar as escalações com maior agilidade possível;
     i. Na primeira reclamação de ball/strike, out/safe ou fair/four, todos os integrantes da equipe ficam advertidos. Na segunda reclamação, o reclamante será expulso do jogo. Se não for possível identificar o reclamante, o técnico principal será expulso;

Considerações Gerais
     a. Haverá taxa de participação conforme a tabela;
     b. 09/11/2018 (6a feira). Congresso Técnico e sorteio às 22:00 horas no Hotel Portal do Oeste;
     c. 10/11/2018 (sábado). Abertura às 07:30 horas. Início dos jogos logo após a abertura em todos os campos;
     d. 11/11/2018 (domingo). Início dos jogos às 08:00 horas em todos os campos. Encerramento após os jogos com todas as equipes uniformizadas;
     e. Cada equipe deverá trazer 2 árbitros credenciados devidamente uniformizados com camisa azul clara, calça social cinza, boné preto e maia escura, aptos a atuarem de principal. Na falta favor entrarem em contato com AAA com antecedência para providenciar a contratação dos mesmos;
     f. Conforme o CT 2018 (CT 01, ítem 01, página 7 e 8), todas as equipes deverão apresentar anotadoras para anotar na mesa;
     g. A equipe descrita do lado direito (esquerdo) ocupará o bench da terceira (primeira) base e iniciará o jogo na defesa (ataque). No caso de uma equipe participar de jogos consecutivos, não há necessidade da mudança de bench, porém será mantida a definição de ataque/defesa;
     h. Os pitcher's poderão arremessar no máximo de 60 bolas por dia. A partir de 2018, jogos de 6 innings;
     i. Bats liberados para Infantil (comprimento máximo de 32 polegadas): (a) Americanas, Japonesas fabricados nos USA ou Japonesas fabricadas no Japão: poderão ser de madeira, alumínio, carbono ou compostos de 1 ou 2 peças regulamentados pelas normas BPF 1.15, BBCOR .50 ou USA Baseball de diâmetros 2 1/4 ou 2 1/2; diâmetro 2 5/8 só os não composite e diâmetro 2 3/4 não pode; (b) não poderão usar aqueles de alumínio “emborrachado”;
    j. Para os casos que não constam neste Regulamento, aplicar o CT 2018. Os casos não previstos, não discutidos e não combinados serão decididos pela Comissão Técnica;
     k. Comissão Disciplinar. A partir de 2017, os membros da Comissão Disciplinar são fixos e nomeados pelo STJD. Não serão mais formadas pelos representantes das equipes;

Comissão Técnica
Alberto Yamamoto, Aquira Azuma, Job Fugice, Kioshi Yano, Lucas França, Nelson Yajima, Paulo Nakashima, Paulo Suzuki, Ramon Ito, Ricardo Iguchi, Ricardo Yokoyama e Vagner Nackachima.

Contatos
CBBS: (11) 5034-9904, (11) 5034-2512, Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.;
AAA: Alberto Iwano (11) 98145-3599 ou Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.; Everaldo Medeiros (11) 99634-9625 ou Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.;
Presidente Prudente: (18) 3223-2267 (Ângela), Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou (18) 99723-4878 (Mário Kaneki);


Departamento Técnico
Confederação Brasileira de Beisebol e Softbol

Regulamento - XXV Campeonato Brasileiro Softbol Feminino Interclubes Sub15 - 2018

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE BEISEBOL E SOFTBOL

XXV CAMPEONATO BRASILEIRO SOFTBOL FEMININO INTERCLUBES SUB15 - 2018

Data: 10 e 11 de Novembro de 2018
Local: ACEMA - Maringá - PR


REGULAMENTO

Equipes Participantes
Atibaia, Central Glória, Gecebs, Gigante, Marília, Maringá, Nikkei Curitiba e Nippon Blue Jays.

Sistema de Jogos
No sábado (10), as 8 equipes serão divididas por sorteio dirigido em 2 grupos (A e B) de 4 equipes, onde jogarão dentro dos grupos conforme a tabela. Para o grupo OURO classificarão o campeão de cada grupo e os segundos colocados. Para o grupo PRATA, classificarão o terceiro e quarto colocados.

No domingo (11) serão disputadas as semifinais simultâneas dentro de cada grupo. 
A sede tem o direito de escolha do nº e campo de preferência e no domingo, conforme a classificação (chave ouro) também será mantida.

Cabeça de Chave:
- 1º MARINGÁ
- 2º MARÍLIA

Tabela de Jogos

Chaveamento Primeira Fase

CHAVE B - Campo 3
1 - 
2 - 
3 - 
4-

 

CHAVE A - Campo 1 e 2
5 - 
6 - 
7 - 
8 -


Jogos do sábado (10/11/2018)

CHAVE A – Campo 1

Tempo

J 01

7 -

 

X

 

8 -

01:45h

J 05

P (J 01)

 

X

 

V (J 02)

01:45h

J 07

V (J 01)

 

X

 

P (J 02)

01:45h

 

CHAVE A – Campo 2

Tempo

J 02

5 -

 

X

 

6 -

01:45h

J 06

V (J 03)

 

X

 

P (J 04)

01:45h

 

CHAVE B – Campo 3

Tempo

J 03

1 -

 

X

 

3 -

01:45h

J 04

2 -

 

X

 

4 -

01:45h

J 08

P (J 03)

 

X

 

V (J 04)

01:45h


Classificação

CHAVE A 

CHAVE B

1º -

1º -

2º -

2º -

3º -

3º -

4º -

4º -

 

Tabela de Jogos
 
Chaveamento Fase Final

 CHAVE OURO

CHAVE PRATA

1 -

5 -

2 -

6 -

3 -

7 -

4 -

8 -


Jogos do domingo (11/11/2018)

CAMPO 1 - Ouro  (Início 08:00)

Tempo

J 09-O

1º chave A

 

x

 

2º chave B

01:45 h

J 11-O

P (J 09-O)

 

x

 

P (J 10-O)

01:20 h

J 12-O

V (J 09-O)

 

x

 

V (J 10-O)

Livre

 

CAMPO 2 - Ouro/Prata  (Início 08:00)

Tempo

J 10-O

1º Chave B

 

x

 

2º Chave A

01:45h

J 15-P

P (J 13-P)

 

x

 

P (J 14-P)

01:10h

 

CAMPO 3 – Prata  (Início 08:00)

Tempo

J 13-P

3º chave A

 

x

 

4º chave B

01:10 h

J 14-P

3º chave B

 

x

 

4º chave A

01:10 h

J 16-P

V (J 13-P)

 

x

 

V (J 14-P)

01:10 h

 

No domingo (11) os jogos da Chave Prata estão limitados a 70 minutos (01:10h). Na Chave Ouro o tempo de jogo normal (01:45h) ou 6 innings com exceção da final (J 12-O), não se limitará por tempo, jogando até o limite do inning e o jogo (11-O) perdedores tempo de 80 minutos (01:20h). 

Tabela alternativa em caso de chuva
Em caso de chuva, uma nova tabela será definida pela Comissão Técnica em função do volume da chuva, do dia e da hora que chover, das condições em que os campos se encontrarem, dos jogos já realizados, etc. Quando chover, as equipes deverão ficar atentas às possíveis mudanças na tabela de jogos. 

Critério Técnico
Maior número de vitórias;
Confronto direto;
Maior TQB = (pontos conquistados dividido por inning atacados MENOS pontos cedidos por innings defendidos);
Maior quantidade de 1ª Base conquistada por inning atacados;

Quantidade de Home Runs;
Outros critérios a ser definido pela Comissão Técnica do evento; 

     Nota: os índices anotados (pontos conquistados e cedidos) na prorrogação ou penalidade não são considerados para a classificação das equipes.      
     Após a definição de uma ou mais equipes por um determinado item, retornar sempre ao item (a) para continuar a definição da classificação das equipes.               

Regulamento para agilizar o andamento dos jogos (Conforme CT 2018)
     a. O tempo do jogo terá início a partir da oficialização dos line-ups pelo árbitro;

     b. Os coach’s devem permanecer nos seus coach’s box (exceto quando permitido ou obrigada a sair), senão os árbitros poderão contar como uma Conferência Ofensiva;
     c. A concessão de tempo de defesa/ataque pelo técnico será de 30 segundos;
     d. A batedora deverá permanecer com pelo menos um pé dentro do batter’s box, a menos que peça tempo e o árbitro achar que o pedido é razoável, inclusive para receber “Sinais” dos técnicos ou para realizar “swings” de prática (exceto casos descritos no CT 2018). Caso saia totalmente no batter’s box, e atrasar o jogo, um STRIKE será declarado (pag. 23);
     e. Os atletas deverão agilizar as trocas de ataque/defesa em 60 segundos. Deverão ter sempre um receptor preparado com máscara (obrigatório) para o aquecimento do arremessador que está limitado nesse período;
     f. Somente o receptor poderá ir até a área do arremessador para falar com o arremessador e isso é permitido uma vez por inning;
     g. Não é permitida a invasão de atletas do bench dentro do campo, principalmente no home runs, até o batedor tocar o home plate;
     h. Não haverá tempo de treinamento dentro dos campos entre um jogo e outro. Entregar as escalações com 10 minutos antes do início do jogo. (pag. 8);
     i. Na primeira reclamação de ball/strike, out/safe ou fair/four, todos os integrantes da equipe ficam advertidos. Na segunda reclamação, o reclamante será expulso do jogo. Se não for possível identificar o reclamante, o técnico principal será expulso;
     j. Corredor temporário: com dois “out”, corredor em base que joga no momento como “receptor” pode ser trocado pé CORREDOR TEMPORÁRIO que deve ser, no momento da troca, o último batedor a ter terminado o turno de bater e não está como corredor (pág. 24);

Considerações Gerais
      a. Taxa de participação será de R$ 350,00 + 04 bolas de couro R$ 150,00;

     b. 10/11/2018 (sábado). Congresso Técnico e sorteio às 07:30 horas, logo em seguida haverá abertura e início dos jogos após o anúncio oficial da Comissão Técnica;
     c. 11/11/2018 (domingo). Início dos jogos às 08:00 horas em todos os campos. Encerramento após os jogos com todas as equipes uniformizadas;
     d. Cada equipe deverá trazer 2 árbitros credenciados e reciclados em 2018, devidamente uniformizados com camisa azul clara, calça social azul marinho e boné azul marinho, meia escura, sapato pretos, aptos a atuarem de Home Plate. Na falta, favor entrarem em contato com ASB com antecedência (48 h) para providenciar a contratação dos mesmos; Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. (só a ASB poderá escalar e contratar árbitros que não seja filiado ao próprio clube);
     e. Conforme o CT SOFT 2018 (ítem 6, página 24), todas as equipes deverão apresentar anotadoras para anotar na mesa e fechamento (IBAF e iScore); 
     f. A equipe que sortear o menor número na chave de jogo ocupará o “bench” da primeira base. No caso de uma equipe participar de jogos consecutivos, não há necessidade da mudança da mesma;
     g. Para os casos que não constam neste Regulamento, aplicar o CT SOFT 2018. Os casos não previstos, não discutidos e não combinados serão decididos pela Comissão Técnica;
     h. Comissão Disciplinar. A partir de 2017, os membros da Comissão Disciplinar são fixos e nomeados pelo STJD. Não serão mais formadas pelos representantes das equipes;
     i. As bolas entregues e em jogo, são responsabilidade de cada equipe, exceção: caso não puder recuperar (juntamente c/ a retaguarda da sede), a sede fica responsável pela reposição das bolas perdidas.
Recomenda colocar 1 bola nova por cada jogo;

Nota: Nesse evento será permitido Sub 13 (interno e externo) com sua proteção (tanto na defesa como no ataque), sob a responsabilidade dos técnicos em caso de acidentes.

Comissão Técnica (5 membros)
     - Diretor Técnico (CBBS): Nelson Yajima
     - Chefe dos Árbitros (ASB):
     - Responsável Técnico do Evento (Sede):
     - Representante das equipes:
     - Representante das equipes:

Outros
     - Coordenador Arbitragem: Mario Yoshida
     - Coordenadora/or Estatísticas: Jorge Kozano/Carmem Okawa

Contatos
CBBS: (11) 5034-9904, (11) 5034-2512, Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.;
ASB : (11) 99985-3060 Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.; Fernando Matsumori (11) 99919-3330 Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.; Carlos Oba (11) 99978-8267 Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.; Mario Yoshida (11) 99885-8860 Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Anotação
     - Jorge Kozano (41) 99949-1495 Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
     - Carmem Okawa (44) 99141-0745 Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Alojamento 
     - Erisson Elias Quirino (44) 99926-5644 Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.


Departamento Técnico Softbol CBBS

IV Festival Nacional de T-BOL reúne dezenas de crianças em fim de semana de beisebol no CT Yakult

IV Festival Nacional de T-BOL - Taça Yakult 2018

Cerca de 300 pequenos atletas, meninos e meninas, de dois estados diferentes (Paraná e São Paulo), representaram 11 cidades e 15 times na “disputa” da 4ª edição do Festival de T-Bol, incentivado pela Yakult e realizado pela CBBS no CT/Academia de Ibiúna nos dias 03 e 04 de Novembro.

Participaram desta edição os times do Anhanguera, Atibaia, Bastos (A e B), Cooper Clube (A e B), Gecebes, Gigante, Ibiúna, Indaiatuba, Marília (A e B), Maringá, Nippon Blue Jays e Pinheiros.

Além do incentivo ao esporte entre as crianças, o intuito do festival é divertir e integrar os pequenos beisebolistas, sem uma disputa entre as equipes.

Os jogos aconteceram em quatro campos diferentes simultaneamente, e mesmo com vencedores em cada uma dessa partidas não há um sistema de disputa entre “vencedores”, o que vale aqui é disputar.

Ao final dos jogos, já na tarde do domingo (04) todos os jogadores e Senseis recebem medalha de participação igualmente e um troféu, transitório, é dado para um time de destaque, escolhido pelos responsáveis pelo festival. Nesta edição o premiado foi o Cooper Clube.

Ainda no sábado (03) o CT/Academia recebeu as ilustres presenças dos Srs. Akira Yamada e Kenji Iwashima, respectivamente Embaixador e Cônsul do Japão.

 

A Confederação Brasileira de Beisebol e Softbol parabeniza e agradece a todos os meninos e meninas que estiveram na disputa do festival, bem como os pais, familiares e Senseis dos times presentes, e também a Yakult pelo apoio na realização de mais um Festival de T-Bol.

 

Fotos:

Nelson Yajima

https://photos.app.goo.gl/6HQYc9KrJ6kmcjYH7

https://www.facebook.com/pg/cbbsbr/photos/?tab=album&album_id=1945397325567954

Vinicius Farias

https://photos.google.com/u/1/album/AF1QipNgca0zbe-bZnY4Mot-E47y5fI663utYNYsrjmP

https://www.facebook.com/pg/cbbsbr/photos/?tab=album&album_id=1945485098892510 

Yuji Izawa (Presidente da FMBS), Sensei Sato, Akira Yamada (Embaixador do Japão), Jorge Otsuka e Kenji Iwashima (Cônsul do Japão) (Foto: Vinicius Farias)Yuji Izawa (Presidente da FMBS), Sensei Sato, Akira Yamada (Embaixador do Japão), Jorge Otsuka e Kenji Iwashima (Cônsul do Japão) (Foto: Vinicius Farias)

 

Resultado - XXXVIII Campeonato Brasileiro Softbol Feminino Interclubes Adulto - 2018

XXXVIII Campeonato Brasileiro Softbol Feminino Interclubes Adulto 2018


Realizado nos dias 13 e 14 de Outubro, no Nikkey Marília, no interior São Paulo, o 38º Campeonato Brasileiro de Softbol Feminino premiou o Nikkei Curitiba como campeão da edição 2018, superando o Gecebs na finalíssima.

Esta edição do Brasileiro contou como 8 equipes dividas em dois grupos. Além dos finalistas Nikkei Curitiba e Gecebs, disputaram a taça o Cooper Clube, Central Glória, Marília, Maringá, Medicina USP e Nippon Blue Jays.

Abaixo todos os placares e premiados desta edição:

Primeira Fase - Grupos

CHAVE A

 

CHAVE B

Maringá

 

Gecebs

Nippon Blue Jays

 

Cooper

Medicina USP

 

Central Glória

Nikkei Curitiba

 

Marília

 

Primeira Fase - Jogos (13/10)

CHAVE A

J 01

Maringá

2

x

3

Medicina USP

J 02

Nippon Blue Jays

2

x

17

Nikkei Curitiba

J 03

Medicina USP

0

x

10

Nippon Blue Jays

J 04

Maringá

1

x

2

Nikkei Curitiba

 

CHAVE B

J 05

Gecebs

8

x

2

Central Glória

J 06

Cooper

3

x

2

Marília

J 07

Marília

3

x

4

Gecebs

J 08

Cooper

4

x

1

Central Glória

 

Semifinais (14/10)

OURO

J 09

Cooper

1

x

5

Nikkei Curitiba

J 10

Nippon Blue Jays

2

x

9

Gecebs

 

PRATA

J 13

Medicina USP

0

x

6

Central Glória

J 14

Maringá

1

x

4

Marília

 

Finais (14/10)

OURO - Disputa 3º

J 11

Cooper

4

x

2

Nippon Blue Jays

 

OURO - Final

J 12

Nikkei Curitiba

3

x

1

Gecebs

  

PRATA - Disputa 3º

J 15

Maringá

9

x

0

Medicina USP

 

PRATA - Final

J 16

Central Glória

4

x

7

Marília

 

Classificação Final das equipes:

OURO

             1º - Nikkei Curitiba

             2º - Gecebs

             3º - Cooper Clube

             4º - Nippon Blue Jays

PRATA

                - Marília

             2º - Central Glória

             3º - Maringá

             4º - Medicina USP


Premiação Individual

1ª Melhor Batedora: CAMILA NUNES TRINOSKI – Central Glória (62,5%)

2ª Melhor Batedora: TAMIRES BIANCA B. SILVA – Gecebs (57,1%)

1ª Melhor Empurradora de Carreiras: MARTHA TIEMI MURAZAWA – Gecebs (6 c.)

2ª Melhor Empurradora de Carreiras: AMANDA YUMI M. FERREIRA – Nikkei Curitiba (5 c)

Rainha do Home Run: FERNANDA AYUMI MISSAKI – Gecebs (1HR - 2pts)

Maior Potência de Batidas: CAMILA NUNES TRINOSKI – Central Glória (1,00)

Maior Roubadora de Bases: CAROLINE HIDEMI UEDA – Nippon Blue Jays (3 b.)

Melhor Arremessadora: FERNANDA AYUMI SHIROMA – Nikkei Curitiba

Arremessadora Destaque: DIANA MIHO T. KIKUCHI – Gecebs

Melhor Receptora: CAMILA AKEMI K. YOKOTA – Cooper Clube

Melhor 1ª Base: SIMONE SAYURI MIYAHIRA – Marília

Melhor 2ª Base: NAOMI SOUZA SUZUKI – Nikkei Curitiba

Melhor 3ª Base: MAYRA SAYUMI AKAMINE – Marília

Melhor Interbases: JULIANA PIRES SHIBATA – Medicina USP

Melhor Jardineira Esquerda: MITSUE EFFTING YAMAGUISHI – Central Glória

Melhor Jardineira Central: MARIA JULIA ARAUJA MOREIRA – Cooper Clube

Melhor Jardineira Direita: BIANCA SILVA DE CAMPOS – Gecebs

Jogadora mais Eficiente: LETICIA SILVA UMEDA – Nikkei Curitiba

Melhor Jogadora do Campeonato: AMANDA YUMI M. FERREIRA – Nikkei Curitiba

Técnico Campeão: MILTON KONNO – Nikkei Curitiba

 

Fotos

https://photos.app.goo.gl/bEfhRSxfFibAA5SH8

https://www.facebook.com/pg/cbbsbr/photos/?tab=album&album_id=1945479445559742

 
Informações e Fotos Nelson Yajima

Nikkei Curitiba Campeão Brasileiro 2018 (Foto Nelson Yajima)
Nikkei Curitiba Campeão Brasileiro 2018 (Foto Nelson Yajima)

Resultado - II Campeonato Brasileiro Softbol Masculino Interclubes Adulto Livre - 2018

II Campeonato Campeonato Brasileiro Softbol Masculino Interclubes Adulto Livre 2018


Realizado nos dias 02 e 03 de Novembro, no Anhanguera Nikkei Clube em Santana do Parnaíba, na grande São Paulo, o 2º Campeonato Brasileiro de Softbol Masculino premiou o ANC La Gozadera como bicampeão, dessa vez superando o outro time da casa, o ANC Indians.

Esta edição do Brasileiro contou como 6 equipes, além dos finalistas ANC La Gozadera e ANC La Gozadera, disputaram a taça o Central Glória, Indaiatuba, Marília e São José dos Campos. 

Abaixo todos os placares e premiados desta edição:

Primeira Fase - Grupos

CHAVE A

 

CHAVE B

1 - Indaiatuba

 

4 - Central Glória

2 - São José dos Campos

 

5 - Marília

3 - ANC La Gozadera

 

6 - ANC Indians

 

Primeira Fase - Jogos (02/11)

CHAVE A

J 01

Indaiatuba

2

x

9

São José dos Campos

J 02

Indaiatuba

2

x

4

ANC La Gozadera

J 03

ANC La Gozadera

4

x

1

São José dos Campos

 

CHAVE B

J 04

Marília

5

x

12

Central Glória

J 05

ANC Indians

6

x

3

Marília

J 06

ANC Indians

10

x

8

Central Glória

 

Semifinais (03/11)

OURO

J 07

Central Glória

7

x

13

ANC La Gozadera

J 08

ANC Indians

9

x

8

São José dos Campos


Finais (03/11)

OURO – Disputa 3º

J 09

São José dos Campos

3

x

7

Central Glória

 

OURO – Final

J 09

ANC Indians

9

x

3

ANC La Gozadera

 

PRATA

J 11

Indaiatuba

13

x

6

Marília

 

Classificação Final das equipes:

OURO

                1º - ANC La Gozadera

                2º - ANC  Indians

                3º - Central Glória

                4º - São José dos Campos

PRATA

                1º - Indaiatuba

                2º - Marília

 

Premiação Individual

1º Melhor Batedor: HENRIQUE KENZO KUROKI – ANC Indians (70,00%)

2º Melhor Batedor: RAFAEL AUGUSTO CAMARGO – Indaiatuba (66,7%)

Melhor Empurrador de Carreiras: HENRIQUE KENZO KUROKI – ANC Indians (9 c.)

Rei do Home Run: GUSTAVO MARUO – Central Glória (1 HR - 3pts)

Melhor Roubador de Bases: DOUGLAS SANTOS NOVAES – Marília

Melhor Arremessador: LUIS FELIPE B. CARVALHO – ANC La Gozadera

Melhor Receptor: ENIO HIROSHI YONEMURA – ANC La Gozadera

Melhor Defensor Interno: FERNANDO H. NISHIMURA – São José dos Campos

Melhor Defensor Externo: YUTA NAGAURA – São José dos Campos

Jogador Mais Eficiente: RODRIGO YUDI KANASHIRO – ANC La Gozadera

Atleta Destaque Chave Ouro:- ANDRÉ KIRIHARA – Central Glória

 

Fotos

https://photos.app.goo.gl/E4mFtXRJUGB34kzs8

https://www.facebook.com/pg/cbbsbr/photos/?tab=album&album_id=1944192289021791

 
Informações e Fotos Nelson Yajima

La Gozadera bicampeão Brasileiro (Foto Nelson Yajima)
La Gozadera bicampeão Brasileiro (Foto Nelson Yajima)

Resultado - XIII Campeonato Sulamericano de Softbol Feminino Adulto 2018

XIII CAMPEONATO SULAMENRICANO DE SOFTBOL FEMININO ADULTO 2018

 
Entre os dias 27 de Outubro e 02 de Novembro, a Seleção Brasileira disputou em Aruba a 13ª edição do Sulamericano de Softbol feminino adulto. 

Além do Brasil, participaram do Sulamericano outras 5 seleções: Argentina, Aruba, Curaçao, Peru e Venezuela. 

Após se qualificar em segundo na fase inicial, com uma campanha de oito vitórias e duas derrotas, as brasileiras encararam as argentinas na semifinal, saindo vitoriosas pelo placar de 5 a 3. 

Na final diante das venezuelanas, que haviam se qualificado com a terceiras posição, posteriormente superando as seleções de Curaçao e Argentina, as brasileiras foram superadas também por 5 a 3, ficando com o vice-campeonato do Sulamericano. 
 

Abaixo todos os placares dos jogos do Brasil:

Jogos Primeira Fase

DATA

SELEÇÃO

PLACAR

SELEÇÃO

27/10

BRASIL

7

X

1

ARGENTINA

27/10

VENEZUELA

0

X

7

BRASIL

28/10

BRASIL

9

X

2

ARUBA

28/10

BRASIL

7

X

0

PERU

29/10

CURAÇAO

0

X

6

BRASIL

29/10

ARGENTINA

7

X

0

BRASIL

30/10

BRASIL

0

X

1

VENEZUELA

30/10

ARUBA

1

X

8

BRASIL

31/10

PERU

0

X

14

BRASIL

31/10

BRASIL

10

X

2

CURAÇAO

 

Classificação Primeira Fase

POSIÇÃO

SELEÇÃO

VITÓRIAS

DERROTAS

1

Argentina

8

2

2

Brasil

8

2

3

Venezuela

6

3

4

Curaçao

5

5

5

Aruba

2

8

6

Peru

0

9

 

Semifinal

DATA

SELEÇÃO

PLACAR

SELEÇÃO

01/11

ARGENTINA

3

X

5

BRASIL



Final

DATA

SELEÇÃO

PLACAR

SELEÇÃO

02/11

VENEZUELA

5

X

3

BRASIL

Foto: Indiao MissakiFoto: Indiao Missaki

 

Regulamento - II Campeonato Brasileiro Softbol Masculino Interclubes Adulto Livre - 2018

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE BEISEBOL E SOFTBOL

II CAMPEONATO BRASILEIRO SOFTBOL MASCULINO INTERCLUBES ADULTO LIVRE - 2018

Data: 02 e 03 de Novembro de 2018
Local: ANC - Anhanguera Nikkey Clube - Santana do Parnaíba - SP


REGULAMENTO

Equipes Participantes
Indaiatuba, Anhanguera "Indians", Anhanguera "La Gozadera", Central Glória, Nikkey Marília e São José dos Campos.

Sistema de Jogos
Na sexta (02), as 6 equipes serão divididas por sorteio dirigido em 2 grupos A e B de 03 equipes cada, onde jogarão dentro dos grupos conforme a tabela.
Haverá cabeça de chave.
Para o grupo OURO classificarão o campeão de cada grupo e os segundo colocado. Para o grupo PRATA, classificarão as terceira colocado.
No sábado (03) serão disputadas as semifinais simultâneas dentro de cada grupo.

Tabela de Jogos

CHAVE A - Campo 1
1 - 
2 - 
3 - 

 

CHAVE B - Campo 3
4 - 
5 - 
6 - 


Jogos de sexta feira (02/11/2018)

CHAVE A – Campo 1

Tempo

J 01

1-

 

X

 

2-

02:00h

J 02

3-

 

X

 

P(j01)

02:00h

J 03

3-

 

X

 

V(j01)

02:00h

 

CHAVE B – Campo 3

Tempo

J 04

4-

 

X

 

5-

02:00h

J 05

6-

 

X

 

P(J04)-

02:00h

J 06

6-

 

X

 

V(j04)

02:00h


Classificação para Semifinais e Finais

CHAVE OURO

 

CHAVE PRATA

1º -

 

5º -

2º -

 

6º -

3º -

 

 

4º -

 

 


Jogos de sábado (03/11/2018)

CHAVE OURO – Campo 1

Tempo

J 07 - O

1º O -

 

X

 

4º O -

02:00h

J 09 - O

P(j 07) -

 

X

 

P(j08) -

01:30h

J 10 - O

V (j 07)-

 

X

 

V(j08)-

02:00h

 

CHAVE OURO/PRATA – Campo 3

Tempo

J 08 – O

2º O-

 

X

 

3º O -

02:00h

J 11 – P

5º P-

 

X

 

6º P -

02:00h

No sábado (03 nov) os jogos da Chave Prata estão limitados a (02:00.h). Na Chave Ouro o tempo de jogo normal (02:00h) ou 7 innings com exceção da final (J 10-O), ,
não se limitará por tempo, jogando até o limite do inning e o jogo (09-O) perdedores tempo 90 minutos (01:30h).

Tabela alternativa em caso de chuva
Em caso de chuva, uma nova tabela será definida pela Comissão Técnica em função do volume da chuva, do dia e da hora que chover, das condições em que os campos se encontrarem, dos jogos já realizados, etc. Quando chover, as equipes deverão ficar atentas às possíveis mudanças na tabela de jogos.

Critério Técnico
Maior número de vitórias;
Confronto direto;
Maior TQB = (pontos conquistados dividido por inning atacados MENOS pontos cedidos por
innings defendidos);
Maior quantidade de 1ª Base conquistada por inning atacados;
Quantidade de Home Runs;
Outros critérios a ser definido pela Comisão Técnica do evento.

     Nota: os índices anotados (pontos conquistados e cedidos) na prorrogação ou penalidade não são considerados para a classificação das equipes.
     Após a definição de uma ou mais equipes por um determinado item, retornar sempre ao ítem (a) para continuar a definição da classificação das equipes.

Regulamento para agilizar o andamento dos jogos (Conforme CT 2018)
     a. O tempo do jogo terá início a partir da oficialização dos Line-ups pelo árbitro;
     b. Os coach’s devem permanecer nos seus coach’s box (exceto quando permitido ou obrigada a sair), senão os árbitros poderão contar como uma Conferência Ofensiva;
     c. A concessão de tempo de defesa/ataque pelo técnico será de 30 segundos;
     d. A batedora deverá permanecer com pelo menos um pé dentro do batter’s box, a menos que peça tempo e o árbitro achar que o pedido é razoável, inclusive para
receber “Sinais” dos técnicos ou para realizar “swings” de prática (exceto casos descritos no CT 2018). Caso saia totalmente no batter’s box, e atrasar o jogo, um STRIKE será declarado (pag. 23);
     e. Os atletas deverão agilizar as trocas de ataque/defesa em 60 segundos. Deverão ter sempre um receptor preparado com máscara (obrigatório) para o aquecimento do arremessador que está limitado nesse período;
     f. Somente o receptor poderá ir até a área do arremessador para falar com o arremessador e isso é permitido uma vez por inning;
     g. Não é permitida a invasão de atletas do bench dentro do campo, principalmente no home runs, até o batedor tocar o home plate;
     h. Não haverá tempo de treinamento dentro dos campos entre um jogo e outro. Entregar as escalações com 10 minutos antes do início do jogo (pag.8);
     i. Na primeira reclamação de ball/strike, out/safe ou fair/four, todos os integrantes da equipe ficam advertidos. Na segunda reclamação, o reclamante será expulso do jogo. Se não for possível identificar o reclamante, o técnico principal será expulso;
     j. Corredor temporário: com dois “out”,corredor em base que joga no momento como “receptor”pode ser trocado pe CORREDOR TEMPORÁRIO que deve ser, no momento da troca, o último batedor a ter terminado o turno de bater e não está como corredor (pág.24);

Considerações Gerais
     a. Taxa de participação será de R$ 350,00 + 04 bolas Couro R$ 150,00;
     b. 02/nov/2018 (sexta feira). Congresso Técnico e sorteio às 07:30 horas (ao lado do refeitório), logo em seguida haverá abertura e início dos jogos após o anúncio oficial da Comissão Técnica;
     c. 03/nov/2018 (sábado). Início dos jogos às 08:00 horas em todos os campos. Encerramento após os jogos com todas as equipes uniformizadas;
     d. Conforme o CT SOFT 2018 (item 6 , página 24), todas as equipes deverão apresentar anotadoras para anotar na mesa;
     e. A equipe que sortear o menor número na chave de jogo ocupará o “bench” da primeira base. No caso de uma equipe participar de jogos consecutivos, não há necessidade da mudança da mesma;
     f. Para os casos que não constam neste Regulamento, aplicar o CT SOFT 2018. Os casos não previstos, não discutidos e não combinados serão decididos pela Comissão Técnica;
      g. Comissão Disciplinar. A partir de 2017, os membros da Comissão Disciplinar são fixos e nomeados pelo STJD. Não serão mais formadas pelos representantes das equipes;
     h. As bolas entregues e em jogo, são responsabilidade de cada equipe, exceção : caso não puder recuperar (juntamente com a retaguarda da sede), a
sede fica responsável pela reposição das bolas perdidas. Recomenda colocar 1 bola nova por cada jogo.

NOTA : BEBIDAS ALCOÓLICAS E CIGARROS (CT Soft 2018)
● É proibido o consumo de bebidas alcoólicas e cigarros, nas arquibancadas dos estádios onde esteja acontecendo o evento de SOFTBOL. A fiscalização e o cumprimento da
norma serão de responsabilidade da Comissão Organizadora do Evento e a penalidade será de Advertência Verbal e em caso de negativa ou reincidência, uso dos meios
legais disponíveis.
● É proibido o consumo de bebidas alcoólicas para todos os membros que compõem a Comissão Disciplinar, Comissão Técnica e Comissão Organizadora do Evento e
ATLETAS, durante o andamento dos jogos.
● Fica proibido fumar no “bench” e nas suas proximidades, principalmente se for membro da delegação cujas equipes estão se defrontando em campo.
Nota: Cigarros eletrônicos e chiclete de tabaco também entram na restrição.

Penalidade: ADVERTÊNCIA e EXPULSÃO em caso de reincidência.


Comissão Técnica
- Diretor Técnico (CBBS): Olivio Sawasato
- Chefe dos Árbitros (ASB): Fernando Matsumori
- Comissão Organizadora: Mateus Nisshimoto
- Coordenador Estatísticas: Jorge Kozano

Diretoria Softbol CBBS

Confederação Brasileira
de Beisebol e Softbol

Contato

  • (11) 5034-9904
  • (11) 5034-0262
  • contato@cbbs.com.br

Onde Estamos

  • Rua Visconde de Ourem, 161
  • Jd. Aeroporto - São Paulo - SP
  • CEP: 04632-020