CBBS

Regulamento - XXIII Campeonato Brasileiro Softbol Feminino Interclubes Sub13 - 2018

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE BEISEBOL E SOFTBOL

XXIII CAMPEONATO BRASILEIRO SOFTBOL FEMININO INTERCLUBES SUB13 - 2018

Data: 24 e 25 de Novembro de 2018
Local: Nikkey Marília - Marília - SP


REGULAMENTO

Equipes Participantes
Atibaia, Cooper Clube, Gigantes, Marília, Maringá, Nikkei Curitiba e Pinheiros.

Sistema de Jogos
No sábado (24), as 7 equipes serão divididas por sorteio dirigido em 1 grupo (A) de 4 equipes e 1 grupo (B) de 3 equipes cada, onde jogarão dentro dos grupos conforme a tabela. Para o grupo OURO classificarão o campeão de cada grupo e os segundos colocados. Para o grupo PRATA, classificarão o terceiro e quarto colocados.

No domingo (25) serão disputadas as semifinais simultâneas dentro de cada grupo. 
A sede tem o direito de escolha do nº e campo de preferência e no domingo, conforme a classificação (chave ouro) também será mantida.

Tabela de Jogos

Chaveamento Primeira Fase

CHAVE A   CHAVE B
1 -    5 -
2 -    6 -
3 -    7 -
4 -    

Jogos do sábado (24/11/2018)

CHAVE A – Campo

Tempo

J 01

1 -

 

X

 

2 -

01:45h

J 03

V (J 01)

 

X

 

P (J 02)

01:45h

 

CHAVE A – Campo

Tempo

J 02

3 -

 

X

 

4 -

01:45h

J 04

V (J 02)

 

X

 

P (J 01)

01:45h

 

CHAVE B – Campo

Tempo

J 05

5 -

 

X

 

6 -

01:45h

J 06

7 -

 

X

 

P (J 05)

01:45h

J 07

7 -

 

X

 

V (J 05)

01:45h

 

Classificação

CHAVE A 

CHAVE B

1º -

1º -

2º -

2º -

3º -

3º -

4º -

 

 

Tabela de Jogos

Jogos do domingo (25/11/2018)

CAMPO 1 - Ouro  (Início 08:00)

Tempo

J 09-O

1º chave A

 

x

 

2º chave B

01:45 h

J 11-O

V (J 08-O)

 

x

 

V (J 09-O)

Livre

 

CAMPO - Ouro  (Início 08:00)

Tempo

J 08-O

1º chave A

 

x

 

2º chave B

01:45 h

J 10-O

P (J 08-O)

 

x

 

P (J 09-O)

01:30 h

 

CAMPO – Prata  (Início 08:00)

Tempo

J 12-P

7º IT

 

x

 

6º IT

01:20 h

J 13-P

5º IT

 

x

 

P (J 12-P)

01:20 h

J 14-P

5º IT

 

x

 

V (J 12-P)

01:20 h

Conforme o CT Soft 2018 (Tempo dos Jogos): "A duração da partida da disputa do 3º (terceiro) e 4º (quarto) colocados da chave OURO e os jogos das demais chaves serão definidas no Congresso Técnico do Evento com limite de 1 (uma) hora ou 5 (cinco) innings".

No domingo (25) os jogos da Chave Prata estão limitados a __ minutos (01:__h). Na Chave Ouro o tempo de jogo normal (01:45h) ou 6 innings com exceção da final (J 11-O), não se limitará por tempo, jogando até o limite do inning e o jogo (10-O) perdedores, com tempo de __ minutos (01:__h). 

Tabela alternativa em caso de chuva
Em caso de chuva, uma nova tabela será definida pela Comissão Técnica em função do volume da chuva, do dia e da hora que chover, das condições em que os campos se encontrarem, dos jogos já realizados, etc. Quando chover, as equipes deverão ficar atentas às possíveis mudanças na tabela de jogos. 

Critério Técnico
Maior número de vitórias;
Confronto direto;
Maior TQB = (pontos conquistados dividido por inning atacados MENOS pontos cedidos por innings defendidos);
Maior quantidade de 1ª Base conquistada por inning atacados;

Quantidade de Home Runs;
Outros critérios a ser definido pela Comissão Técnica do evento; 

     Nota: os índices anotados (pontos conquistados e cedidos) na prorrogação ou penalidade não são considerados para a classificação das equipes.      
     Após a definição de uma ou mais equipes por um determinado item, retornar sempre ao item (a) para continuar a definição da classificação das equipes.  

Regulamento para agilizar o andamento dos jogos (Conforme CT 2018)
     a. O tempo do jogo terá início a partir da oficialização dos line-ups pelo árbitro;

     b. Os coach’s devem permanecer nos seus coach’s box (exceto quando permitido ou obrigada a sair), senão os árbitros poderão contar como uma Conferência Ofensiva;
     c. A concessão de tempo de defesa/ataque pelo técnico será de 30 segundos;
     d. A batedora deverá permanecer com pelo menos um pé dentro do batter’s box, a menos que peça tempo e o árbitro achar que o pedido é razoável, inclusive para receber “Sinais” dos técnicos ou para realizar “swings” de prática (exceto casos descritos no CT 2018). Caso saia totalmente no batter’s box, e atrasar o jogo, um STRIKE será declarado (pag. 23);
     e. Os atletas deverão agilizar as trocas de ataque/defesa em 60 segundos. Deverão ter sempre um receptor preparado com máscara (obrigatório) para o aquecimento do arremessador que está limitado nesse período;
     f. Somente o receptor poderá ir até a área do arremessador para falar com o arremessador e isso é permitido uma vez por inning;
     g. Não é permitida a invasão de atletas do bench dentro do campo, principalmente no home runs, até o batedor tocar o home plate;
     h. Não haverá tempo de treinamento dentro dos campos entre um jogo e outro. Entregar as escalações com 10 minutos antes do início do jogo. (pag. 8);
     i. Na primeira reclamação de ball/strike, out/safe ou fair/four, todos os integrantes da equipe ficam advertidos. Na segunda reclamação, o reclamante será expulso do jogo. Se não for possível identificar o reclamante, o técnico principal será expulso;
     j. Corredor temporário: com dois “out”, corredor em base que joga no momento como “receptor” pode ser trocado pé CORREDOR TEMPORÁRIO que deve ser, no momento da troca, o último batedor a ter terminado o turno de bater e não está como corredor (pág. 24);

Considerações Gerais
     a. Taxa de participação será de R$ 350,00 + 04 bolas de couro R$ 150,00;
     b. 24/11/2018 (sábado). Congresso Técnico e sorteio às 07:30 horas, logo em seguida haverá abertura e início dos jogos após o anúncio oficial da Comissão Técnica;
     c. 25/11/2018 (domingo). Início dos jogos às 08:00 horas em todos os campos. Encerramento após os jogos com todas as equipes uniformizadas;
     d. Cada equipe deverá trazer 2 árbitros credenciados e reciclados em 2018, devidamente uniformizados com camisa azul clara, calça social azul marinho e boné azul marinho, meia escura, sapato pretos, aptos a atuarem de Home Plate. Na falta, favor entrarem em contato com ASB com antecedência (48 h) para providenciar a contratação dos mesmos; Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. (só a ASB poderá escalar e contratar árbitros que não seja filiado ao próprio clube);
     e. Conforme o CT SOFT 2018 (ítem 6, página 24), todas as equipes deverão apresentar anotadoras para anotar na mesa e fechamento (IBAF e iScore); 
     f. A equipe que sortear o menor número na chave de jogo ocupará o “bench” da primeira base. No caso de uma equipe participar de jogos consecutivos, não há necessidade da mudança da mesma;
     g. Para os casos que não constam neste Regulamento, aplicar o CT SOFT 2018. Os casos não previstos, não discutidos e não combinados serão decididos pela Comissão Técnica;
     h. Comissão Disciplinar. A partir de 2017, os membros da Comissão Disciplinar são fixos e nomeados pelo STJD. Não serão mais formadas pelos representantes das equipes;
     i. As bolas entregues e em jogo, são responsabilidade de cada equipe, exceção: caso não puder recuperar (juntamente c/ a retaguarda da sede), a sede fica responsável pela reposição das bolas perdidas.    
Recomenda-se colocar 1 (uma) bola nova por jogo.

Comissão Técnica (5 membros)
     - Diretor Técnico (CBBS): Nelson Yajima
     - Chefe dos Árbitros (ASB): Fernando Matsumori
     - Responsável Técnico do Evento (Sede): Carlos Nakamura
     - Representante das equipes:
     - Representante das equipes:

Outros
     - Coordenador Arbitragem: Mario Yoshida
     - Coordenadora/or Estatísticas: Jorge Kozano

Contatos
CBBS: (11) 5034-9904, (11) 5034-2512, Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.;
ASB : (11) 99985-3060 Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.; Fernando Matsumori (11) 99919-3330 Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.; Carlos Oba (11) 99978-8267 Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.; Mario Yoshida (11) 99885-8860 Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Anotação
     - Jorge Kozano (41) 99949-1495 Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
     - Cristiane Higawa (14) 98148-6748 cyhiagawaEste endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Alojamento 
     - Carlos Nakamura "Paca" (14) 99774-1555 carlosEste endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..br


Departamento Técnico Softbol CBBS

Resultado - XXIII Campeonato Brasileiro Interclubes Pré-Infantil - 2018

XXIII Campeonato Brasileiro Interclubes Pré-Infantil 2018


Realizado nos dias 17 e 18 de Novembro, na ACEL em Londrina, interior de Paraná, o 23º Campeonato Brasileiro Interclubes Pré-Infantil premiou o Marília como campeão da edição 2018. 

Esta edição do Brasileiro contou como 18 equipes dividas em quatro grupos. Além do campeão, disputaram a taça o Atibaia, Bastos, Cooper Clube, Gecebs, Gigante, Guarulhos, Indaiatuba, Londrina, Maringá, Naviraí, Nikkei Curitiba, Nippon Blue Jays, Nova Esperança, Paraguai, Pinheiros, Presidente Prudente e Tozan.

Abaixo todos os placares e premiados desta edição:

Primeira Fase - Jogos (17/11)

 

Campo 2

J 01

Pres. Prudente

6

x

4

Gigantes

J 02

Bastos

13

x

0

Nippon Blue Jays

J 03

Pres. Prudente

8

x

9

Bastos

J 04

Gigantes

7

x

3

Nippon Blue Jays

 

 

Campo 1

J 05

Nikkei Curitiba

12

x

8

Londrina

J 06

Indaiatuba

x

3

Nova Esperança

J 07

Nikkei Curitiba

10

x

5

Indaiatuba

J 08

Londrina

3

x

9

Nova Esperança

 

 

Campo 5

J 09

Gecebs

20

x

4

Tozan

J 10

Maringá

9

x

4

Cooper Clube

J 11

Gecebs

3

x

8

Maringá

 

 

Campo 6

J 14

Naviraí

8

x

1

Pinheiros

J 17

Paraguai

8

x

6

Pinheiros

J 16

Naviraí

1

x

14

Marília

J 18

Atibaia

15

x

0

Paraguai

 

 

Campo 7

J 15

Marília

7

x

3

Atibaia

J 12

Guarulhos

1

x

18

Tozan

J 13

Cooper Clube

19

x

1

Guarulhos

 

Segunda Fase - Jogos (18/11)

 

OURO - Campo 1

J 21

Nikkei Curitiba

1

x

11

Marília

J 23

Marília

10

x

8

Bastos

 

 

OURO / PRATA - Campo 2

J 22

Bastos 8

x

0 Maringá

J 24

Gecebs 2

x

5 Naviraí

J 26

Naviraí 0

x

4 Pres. Prudente

 

 

BRONZE - Campo 5

J 27

Atibaia 7

x

5 Gigantes

J 28

Nova Esperança 1

x

12 Cooper Clube

J 29

Atibaia 0

x

5 Cooper Clube

 

 

PRATA / INCENTIVO I - Campo 6

J 30

Paraguai

x

 5

Tozan

J 25

Indaiatuba

x

12 

Pres. Prudente

J 32

Tozan

10 

x

11 

Pinheiros

 

 

INCENTIVO II - Campo 7

J 33

Londrina

 12

x

3

Guarulhos

J 35

Londrina

x

8

Nippon Blue Jays

 

Classificação Final das equipes:

OURO

                1º - Marília

                2º - Bastos

                3º - Nikkei Curitiba

                4º - Maringá

PRATA

                1º - Presidente Prudente

                2º - Naviraí

                3º - Indaiatuba

                4º - Gecebs

BRONZE

                1º - Cooper Clube

                2º - Atibaia

                3º - Nova Esperança

                4º - Gigantes

INCENTIVO I

                1º -  Pinheiros

                2º - Tozan

                3º - Paraguai

INCENTIVO II

                1º - Nippon Blue Jays

                2º - Londrina

                3º - Guarulhos

 

Premiação Individual:

1º Melhor Rebatedor MATHEUS KOBASHI DOS ANJOS MARÍLIA (77,8%)
2º Melhor Rebatedor GUSTAVO KENTARO HONDA BASTOS (71,4%)
3º Melhor Rebatedor VINICIUS EBINA HIGAKI MARINGÁ (57,1%)
Melhor Empurrador de Carreiras HENRIQUE YOSHIAKI IDE CALDEIRA MARINGÁ (7 C.)
Melhor Conquistador de Carreiras JUAN CARLOS ARMENTEROS MUNIZ FILHO MARÍLIA (7 C.)
Melhor Roubador de Bases RAFAEL GOMES DE FIGUEREDO BASTOS (3 B.)
Home Run PIETRO PIRES ALBANEZ RIENZO ATIBAIA (2 HR)
Melhor Arremessador JUAN CARLOS ARMENTEROS MUNIZ FILHO MARÍLIA  
Arremessador Destaque GUILHERME CARVALHO YOSHIOKA BASTOS      
Melhor Receptor JOÃO GUILHERME DA SILVA RIBEIRO BASTOS      
Melhor Defensor Interno RYUKI NAGAI N CURITIBA      
Melhor Defensor Externo ITALO RAFAEL DOS SANTOS MARÍLIA      
Jogador Mais Esforçado TIAGO ALEXANDRE SHIRO TANIGUTI BASTOS      
Melhor Jogador do Campeonato JUAN CARLOS ARMENTEROS MUNIZ FILHO MARÍLIA      
Técnico Campeão ERNESTO NORIS MARÍLIA      

 

Medalhas Atleta Destaque - Chave Ouro
Equipe Campeã GUILHERME ANDRADE MARÍLIA
Equipe Campeã GUILHERME HIDEKI TERUI MARÍLIA
Equipe Campeã JOÃO VITOR NORIS MARÍLIA
Equipe Vice Campeã MATEUS MAEDA SHIDA BASTOS
Equipe Vice Campeã JOÃO MARCO DIAS PEREIRA BASTOS
Equipe Vice Campeã LUIZ ANTONIO SABINO NETO BASTOS
Equipe 3ª Colocada LUCAS ATSUSHI YANAGA NIKKEI CURITIBA
Equipe 3ª Colocada GUSTAVO MIYAMOTO MAGNABOSCO NIKKEI CURITIBA
Equipe 3ª Colocada YURI TANAKA BANZATO NIKKEI CURITIBA
Equipe 4ª Colocada OLAVO ROMANO GABAS DE PAULA MARINGÁ
Equipe 4ª Colocada VICTOR HUGO TOLEDO FERRARETO MARINGÁ
Equipe 4ª Colocada PEDRO HENRIQUE AKIYAMA MARINGÁ

 

Troféu Atleta Destaque - Chave Prata
Equipe Campeã JOÃO VITOR LEMES DOS SANTOS P PRUDENTE
Equipe Vice Campeã HIGOR GABRIEL MESSIAS SANTOS NAVIRAÍ
Equipe 3ª Colocada VITOR MICHIO SEKIGUCHI INDAIATUBA
Equipe 4ª Colocada GUILHERME AMBROSIO SCARPIN RIBEIRO GECBS

 

Medalhas Atleta Destaque - Chave Prata
Equipe Campeã RAONI FERNANDES MARQUES P PRUDENTE
Equipe Campeã PEDRO HENRIQUE CAIN OLIVEIRA FRANCO P PRUDENTE
Equipe Campeã ARIEL EUGENIO PINTO P PRUDENTE
Equipe Vice Campeã NICOLAS EMANUEL DE SOUZA NEVES NAVIRAÍ
Equipe Vice Campeã CARLOS GABRIEL LUCINDO ARIAS NAVIRAÍ
Equipe Vice Campeã RAFAEL TAKEHARA HETZEL NAVIRAÍ
Equipe 3ª Colocada TAIKI NIKKUNI INDAIATUBA
Equipe 3ª Colocada PEDRO OLIVEIRA LIMA SOUZA INDAIATUBA
Equipe 3ª Colocada ARTHUR FERNADNO MAINETI OLIVEIRA INDAIATUBA
Equipe 4ª Colocada RODRIGO RIBEIRO TAKAHASHI GECEBS
Equipe 4ª Colocada HENRY AKIO HIGA GECEBS
Equipe 4ª Colocada LEANDRO ATSUSHI TOKU MAKITA GECEBS

 

Troféu Atleta Destaque - Chave Bronze
Equipe Campeã LUCCA HIRO TERAMOTO COOPER
Equipe Vice Campeã FABRICIO FOLLMANN PINHO ATIBAIA
Equipe 3ª Colocada RENATO TORY BELENTANI RIBEIRO N ESPERANÇA
Equipe 4ª Colocada BENJAMIN ISAAC DE FARIA WAINER GIGANTES

 

Medalhas Atleta Destaque - Chave Bronze
Equipe Campeã BRUNO SHOITI ISOTANI COOPER
Equipe Campeã DEREK RYO TANAKA COOPER
Equipe Campeã LUCAS KEN WATANABE COOPER
Equipe Vice Campeã ENZO SHINITI VALENTE HAYASHIDA ATIBAIA
Equipe Vice Campeã PEDRO ISSAMU MIHARA ATIBAIA
Equipe Vice Campeã GUSTAVO ALEXANDRINO GOMES DA SILVA ATIBAIA
Equipe 3ª Colocada ARTHUR ENUMO BALESTRE N ESPERANÇA
Equipe 3ª Colocada LUCA PERES YAMAMOTO N ESPERANÇA
Equipe 3ª Colocada ARTHUR RUMANHOLE DE MARCHI N ESPERANÇA
Equipe 4ª Colocada MATHEUS CUNHA GONGORA GIGANTES
Equipe 4ª Colocada DAVID DE OLIVEIRA MONTIN GIGANTES
Equipe 4ª Colocada VICTOR TANAKA OLIVARES GIGANTES

 

Troféu Atleta Destaque - Chave Incentivo 1
Equipe Campeã ERICK RANGEL MONTE CARMELO PINHEIROS
Equipe Vice Campeã FELIPE JUN YAMAGUCHI TOZAN
Equipe 3ª Colocada JOÃO CAIO EIICHI SHIROSAWA MARTINEZ PARAGUAI

 

Medalhas Atleta Destaque - Chave Incentivo 1
Equipe Campeã KAIKY KOYAMA ARADA PINHEIROS
Equipe Campeã GUSTAVO HIDEKI YAMAMOTO DE PAULA PINHEIROS
Equipe Campeã MATHEUS MAURO KANABUSHI PINHEIROS
Equipe Vice Campeã LUIZ MIGUEL ANDRADE TOZAN
Equipe Vice Campeã GABRIEL JOAQUIM LOURENCIO TOZAN
Equipe Vice Campeã JONATHA PEREIRA BISPO TOZAN
Equipe 3ª Colocada MITSURO JOAQUIN DAMUS KUMAGAI PARAGUAI
Equipe 3ª Colocada ROBERTO HIROAKI IKESOE ISHIGAME PARAGUAI
Equipe 3ª Colocada EDUARDO TOMOHIRO KUSU SUZIN PARAGUAI

 

Troféu Atleta Destaque - Chave Incentivo 2
Equipe Campeã SAMUEL YENYU CHEN N BLUE JAYS
Equipe Vice Campeã MIGUEL ANDRES CATARINO DE OLIVEIRA LONDRINA
Equipe 3ª Colocada ENZO HIDEKI HORI DOS SANTOS GUARULHOS

 

Medalhas Atleta Destaque - Chave Incentivo 2
Equipe Campeã JOÃO DALLA PRIA ARAÚJO SAITO N BLUE JAYS
Equipe Campeã RENAN YUHEI IKEMORI SILVA N BLUE JAYS
Equipe Campeã EDUARDO OBO N BLUE JAYS
Equipe Vice Campeã PEDRO KENZO HASSUDA LONDRINA
Equipe Vice Campeã SEBASTIAN MANUEL PERES SUAREZ LONDRINA
Equipe Vice Campeã CAIO SHINJI YOSHIZAWA LONDRINA
Equipe 3ª Colocada RAPHAEL FERREIRA IMAMOTO OTA GUARULHOS
Equipe 3ª Colocada EDUARDO TADASHI HISSAGIMA GUARULHOS
Equipe 3ª Colocada BRUNO DE OLIVEIRA HAYASHI GUARULHOS

 

Marília Campeão Brasileiro
Marília Campeão Brasileiro

Campeonato Pré-Mundial de Beisebol Sub18 - 2018

CAMPEONATO PRÉ-MUNDIAL DE BEISEBOL SUB-18 2018

 
Entre os dias 23 de Novembro e 02 de Dezembro, a Seleção Brasileira Sub 18 de beisebol entra em campo na Cidade do Panamá, no Panamá, para a disputa do Campeonato Pré-Mundial Panamericano da categoria.

O Brasil entra na disputa com outras 15 seleções por 4 vagas no Mundial da categoria, que acontece em 2019 em Gijang, Coréia do Sul.

A delegação brasileira, composta por 20 atletas e 5 membros de comissão técnica, embarca na próxima terça (20) para o Panamá e estreia no dia 24 contra Honduras.


Abaixo os grupos e tabela completa do campeonato:

GRUPOS

 
TABELA

 

Regulamento - XXIII Campeonato Brasileiro Interclubes Pré-Infantil - 2018

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE BEISEBOL E SOFTBOL

XXIII CAMPEONATO BRASILEIRO INTERCLUBES PRÉ-INFANTIL - 2018

Data: 17 e 18 de Novembro de 2018
Local: ACEL, Londrina - PR


REGULAMENTO

Equipes Participantes
Atibaia, Bastos, Cooper Clube, Gecebs, Gigante, Guarulhos, Indaiatuba, Londrina, Marília, Maringá, Naviraí, Nikkei Curitiba, Nippon Blue Jays, Nova Esperança, Paraguai, Pinheiros, Presidente Prudente e Tozan.

Sistema de Jogos
No sábado (17), as 18 equipes serão divididas por sorteio dirigido em 2 grupos A e B de 4 equipes e 2 grupos C e D de 5 equipes cada, onde jogarão dentro dos grupos conforme a tabela.
Para o grupo OURO classificarão os vencedores dos jogos J03A, J07B, J11C e J16D. Para o grupo PRATA, classificarão os 4 vice campeões de cada grupo. Para o grupo BRONZE classificarão os 4 terceiros colocados. Para o grupo INCENTIVO I classificarão os 3 melhores quartos colocados e para o grupo INCENTIVO II classificarão a outra quarta colocada e as duas equipes quinta colocadas. As equipes que pegarem os números 17 ou 18, se vencerem os dois jogos no sábado serão os segundos colocados do seu grupo e disputarão a chave Prata.
No domingo (18) serão disputadas as semifinais e as finais dentro de cada grupo.

Tabela de Jogos

Chaveamento Primeira Fase

GRUPO A

 

GRUPO B

1 -

 

5 -

2 -

 

6 -

3 -

 

7 -

4 -

 

8 -

 

GRUPO C

 

GRUPO D

9 -

 

13 -

10 -

 

14 -

11 -

 

15 -

12 -

 

16 -

18 -

 

17 -


Jogos do sábado (17/11/2018)

 

GRUPO A - Campo 1

J 01

1

 

x

 

2

J 02

3

 

x

 

4

J 03

V (J 01)

 

x

 

V (J 02)

J 04

P (J 01)

 

x

 

P (J 02)

 

 

GRUPO B - Campo 2

J 05

5

 

x

 

6

J 06

7

 

x

 

8

J 07

V (J 05)

 

x

 

V (J 06)

J 08

P (J 05)

 

x

 

P (J 06)

 

 

GRUPO C - Campo 5

J 09

9

 

x

 

10

J 10

11

 

x

 

12

J 11

V (J 09)

 

x

 

V (J 10)

 

 

GRUPO D - Campo 6

J 14

13

 

x

 

14

J 17

17

 

x

 

P (J 14)

J 16

V (J 14)

     

V (J 15)

J 18

P (J 15)

 

x

 

17

 

 

GRUPO C e D - Campo 7

J 14

15

 

x

 

16

J 17

18

 

x

 

P (J 09)

J 16

P (J 10)

     

18

No sábado (17) os jogos J04 e J08 estão limitados em 80 minutos. 


Tabela de Jogos
 
Chaveamento Fase Final

OURO

 

PRATA

1º A

 

2º A

1º B

 

2º B

1º C

 

2º C

1º D

 

2º D

 

BRONZE

3º A

3º B

3º C

3º D

 

INCENTIVO I

 

INCENTIVO II

1º Quarto

 

4º Quarto

2º Quarto

 

5º C

3º Quarto

 

5º D

 
Jogos do domingo (18/11/2018)

 

OURO / PRATA - Campo 1

J 21

Ouro 4

 

x

 

Ouro 1

J 25

Prata 3

 

x

 

Prata 2

J 23

V (J 21)

 

x

 

V (J 22)

 

 

OURO / PRATA - Campo 2

J 22

Ouro 3

 

x

 

Ouro 4

J 24

Prata 4

 

x

 

Prata 1

J 26

V (J 25)

 

x

 

V (J 24)

 

 

BRONZE - Campo 5

J 27

Bronze 4

 

x

 

Bronze 1

J 28

Bronze 3

 

x

 

Bronze 4

J 29

V (J 27)

 

x

 

V (J 28)

 

 

INCENTIVO I - Campo 6

J 30

Incentivo I 3

 

x

 

Incentivo I 2

J 31

Incentivo I 1

 

x

 

P (J 30)

J 32

V (J 30)

 

x

 

Incentivo I 1

 

 

INCENTIVO II - Campo 7

J 33

Incentivo II 3

 

x

 

Incentivo II 2

J 34

Incentivo II 1

 

x

 

P (J 33)

J 35

V (J 33)

 

x

 

Incentivo II 1

No domingo (11) todos os jogos do Ouro, Prata, Bronze e Incentivo serão sorteados. Com exceção dos jogos J21, J22 e J23, todos os jogos estão limitados em 80 minutos. Nos jogos J23, J26 e J29, ataque e defesa serão sorteados.

Tabela alternativa em caso de chuva
Em caso de chuva, uma nova tabela será definida pela Comissão Técnica em função do volume da chuva, do dia e da hora que chover, das condições em que os campos se encontrarem, dos jogos já realizados, etc. Quando chover, as equipes deverão ficar atentas às possíveis mudanças na tabela de jogos. 

Critério Técnico
a. Maior número de vitórias;
b. Confronto direto;
c. Maior TQB = (Pontos conquistados/Número de innings atacados) - (Pontos cedidos/Número de innings defendidos);
d. Maior saldo de pontos;
e. Maior número de pontos a favor;

f. Sorteio;

     Após a definição de uma ou mais equipes por um determinado item, retornar sempre ao item (a) para continuar a definição da classificação das equipes.

Regulamento para agilizar o andamento dos jogos
     a. Os coach’s devem sempre permanecer nos seus coach’s box, senão os árbitros poderão contar como um pedido de tempo no ataque;
     b. Somente o técnico principal poderá dialogar com os árbitros dentro do campo;
     c. O rebatedor deverá permanecer no seu bateras box a menos que peça tempo e o árbitro achar que o pedido é razoável. Caso contrário, ele poderá autorizar o pitcher a iniciar o movimento do arremesso;
     d. Os atletas deverão agilizar as trocas de ataque/defesa em 12 segundos. Deverão ter sempre um receptor preparado com máscara (obrigatório) para o aquecimento do arremessador que está limitado em 60 segundos;
     e. Somente o receptor poderá ir até a área do arremessador para falar com o arremessador e isso é permitido uma vez por inning. Também somente o receptor poderá ir até a área do arremessador na presença do técnico. Outros defensores não poderão ir em nenhum momento;
     f. Não é permitida a invasão de atletas do bench dentro do campo, principalmente no home runs, até o rebatedor tocar o home plate;
     g. O knock durante o jogo é permitido somente na primeira defesa de cada equipe;
     h. Não haverá tempo de treinamento dentro dos campos entre um jogo e outro. Entregar as escalações com maior agilidade possível;
     i. Na primeira reclamação de ball/strike, out/safe ou fair/four, todos os integrantes da equipe ficam advertidos. Na segunda reclamação, o reclamante será expulso do jogo. Se não for possível identificar o reclamante, o técnico principal será expulso;

Considerações Gerais
     a. Taxa de participação será conforme a tabela de Taxas e Anuidades 2018;
     b. 16/11/2018 (6a feira). Sorteio e Congresso Técnico e sorteio às 22:00 horas na Casa Verde na ACEL;
     c. 17/11/2018 (sábado). Abertura às 07:30 horas com todas as equipes (todos os atletas uniformizados) e início dos jogos logo após a abertura;
     d. 18/11/2018 (domingo). Início dos jogos às 08:00 horas em todos os campos. Encerramento após os jogos com todas as equipes uniformizadas;
     e. Cada equipe deverá trazer 2 árbitros credenciados devidamente uniformizados com camisa azul clara, calça social cinza, boné preto e maia escura, aptos a atuarem de principal. Na falta favor entrarem em contato com AAA com antecedência para providenciar a contratação dos mesmos;
     f. Todas as equipes deverão ceder bolas novas no início do seu jogo e tantas quantas fores necessárias durante o jogo. Serão usadas bolas de couro macia;
     g. Conforme o CT 2018 (CT 01, ítem 01, página 7 e 8), todas as equipes deverão apresentar anotadoras para anotar na mesa;
     h. A equipe descrita do lado direito (esquerdo) ocupará o bench da terceira (primeira) base e iniciará o jogo na defesa (ataque). No caso de uma equipe participar de jogos consecutivos, não há necessidade da mudança de bench, porém será mantida a definição de ataque/defesa;
     i. Os pitcher's poderão arremessar no máximo de 50 bolas por dia;
     j. Bats liberados para Pré-Infantil: (a) Americanas, Japonesas fabricados nos USA: poderão ser de madeira, alumínio, carbono ou compostos de 1 ou 2 peças regulamentados pelas normas BPF 1.15, BBCOR .50 ou USA Baseball, obedecendo o comprimento máximo de 31 polegadas (largura sem limite); (b) Japoneses fabricados no Japão: poderão ser de madeira, alumínio, carbono, obedecendo o comprimento máximo de 31 polegadas (largura sem limite); (C) não poderão usar aqueles de alumínio “emborrachado”;
    k. Para os casos que não constam neste Regulamento, aplicar o CT 2018. Os casos não previstos, não discutidos e não combinados serão decididos pela Comissão Técnica;
     l. Comissão Disciplinar. A partir de 2017, os membros da Comissão Disciplinar são fixos e nomeados pelo STJD. Não serão mais formadas pelos representantes das equipes;

Comissão Técnica
Alberto Yamamoto, Aquira Azuma, Job Fugice, Kioshi Yano, Lucas França, Nelson Yajima, Paulo Nakashima, Paulo Suzuki, Ramon Ito, Ricardo Iguchi, Ricardo Yokoyama e Vagner Nackachima.

Contatos
CBBS: (11) 5034-9904, (11) 5034-2512, Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.;
AAA: Alberto Iwano (11) 98145-3599 ou Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.; Everaldo Medeiros (11) 99634-9625 ou Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.; Paulo Yamada (11) 97369-4737;
ACEL Londrina: (43) 3356-2002 ou Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou (43) 99994-3026 (Cristina Kozu);


Departamento Técnico
Confederação Brasileira de Beisebol e Softbol

Taça Brasil: Atual campeão, Marília vem com a moral em alta para o torneio

Por Vinícius Veiga, da Agência Interbase


O Marília está com a confiança cheia para a COPA TOYOTA TAÇA BRASIL DE BEISEBOL E SOFTBOL – 2018. Após o título do ano passado, a equipe do interior de São Paulo tenta fechar o ano com chave de ouro para renovar a conquista da competição.

Carlos Mitio Nakamura, vice-presidente administrativo do Marília, conversou com a Agência Interbase sobre as expectativas para o torneio deste ano.

“Sempre as expectativas são de um bom desempenho mesmo com as dificuldades para treinamentos em conjunto”, afirmou Nakamura.

Após não ter avançado para a semifinal do Campeonato Brasileiro deste ano, o Marília carrega toda sua tradição para a Taça Brasil. Segundo Nakamura, a oportunidade da equipe disputar mais uma competição desse porte significa muito. “Taça Brasil é a oportunidade de juntar os melhores jogadores do Brasil e os que estão jogando fora do país, tornando 5 equipes com nível bem elevado.”

Com o nível mais uma vez alto, Nakamura não enxerga nenhum favoritismo exacerbado por parte de nenhuma equipe. “São equipes bem fortes e qualquer uma pode ganhar a competição”, disse o vice-presidente administrativo do Marília.

Neste ano, vários jogadores que firmaram contrato com o Marília estão fora do Brasil, o que naturalmente prejudicou os resultados do time na temporada. É o que diz Nakamura, que também acrescentou dizendo que todos estão se preparando muito bem para fazer mais uma boa campanha na competição.

O Marília começa a jornada pela defesa do título no sábado (17), às 13h, em partida contra o Gecebs. No domingo (18), a equipe encara o Anhanguera, em jogo a partir das 9h. Todas as partidas serão realizadas no Estádio Mie Nishi, no Bom Retiro (São Paulo-SP).

Taça Brasil: Após terceiro lugar em 2017, Gecebs volta forte para o torneio

Por Vinícius Veiga, da Agência Interbase


A COPA TOYOTA TAÇA BRASIL DE BEISEBOL E SOFTBOL – 2017 foi muito positiva para o Gecebs. A equipe ficou com a terceira colocação, quando bateu o Atibaia na disputa pelo placar de 8 a 3. Antes, na semifinal, eles foram eliminados apenas para os campeões (Marília). Para este ano, o Gecebs tenta fazer mais um bom torneio e solidificar-se ainda mais entre os melhores do Brasil.

Thiago Gojima, capitão do Gecebs e jogador da equipe, conversou com a Agência Interbase sobre os preparativos para a COPA TOYOTA TAÇA BRASIL DE BEISEBOL E SOFTBOL – 2018.

“Nossa expectativa como time é sempre a vitória. A respeito dos jogos em geral, esperamos confrontos duríssimos e bem equilibrados em que qualquer erro vai decidir a vitória”, afirmou Gojima.

A experiência do Gecebs na Taça Brasil já é bem grande, e o capitão falou sobre mais uma vez a equipe brigar pelo título dessa importante competição do calendário nacional. “A oportunidade de jogar o Taça Brasil é sempre uma honra, pois sabemos da importância dele para o esporte em nível nacional. Além disso, os jogadores querem jogar pelo nível técnico dos times que conquistam suas vagas.”

A boa fase do Gecebs vai além da Taça Brasil do ano passado. A equipe venceu o Campeonato Paulista deste ano para conquistar o tricampeonato, e recentemente eles chegaram até a semifinal do Campeonato Brasileiro.

Para Gojima, o nível técnico é alto e as chances do Gecebs são iguais das outras quatro equipes. “Porém, sempre puxamos sardinha para o nosso time”, disse brincando o jardineiro esquerdo.

A confiança da equipe para o torneio vem de mais uma temporada positiva. “Esse ano participamos de 2 campeonatos: Paulista e Brasileiro. Conquistamos o Paulista e ficamos em quarto no Brasileiro. São números relativamente bons, e que nos servem de incentivo a continuar treinando para buscar o título mais importante do ano.”

O Gecebs estreia na Taça Brasil logo na quinta-feira (15), a partir das 9h, em partida contra o Nippon Blue Jays. A partida será sediada no Estádio Mie Nishi, no Bom Retiro (São Paulo-SP). O time volta ao campo no sábado (17), em partida contra o Marília, às 13h.

Taça Brasil: Com um time jovem, Nippon Blue Jays volta à elite do beisebol brasileiro

Por Vinícius Veiga, da Agência Interbase


A temporada de 2018 vem sendo bastante positiva para o Nippon Blue Jays. O time garantiu vaga na COPA TOYOTA TAÇA BRASIL DE BEISEBOL E SOFTBOL – 2018 após vencer a última edição do Campeonato Brasileiro. A equipe, de volta à Taça Brasil, vem com a moral em alta e em grande fase.

A Agência Interbase conversou com um dos representas do Nippon Blue Jays para falar sobre a temporada de 2018 e as expectativas para a Taça Brasil. Márcio Irikura, também conhecido como “Flash”, é diretor de beisebol do clube e deu as respostas.

“A gente já vem amargando há alguns anos a não classificação para a Taça Brasil, mas neste ano a gente conseguiu a classificação ganhando o Brasileiro. Então a gente está muito confiante com o retorno do Blue Jays à elite do beisebol brasileiro”, afirmou Flash.

O diretor afirmou que a temporada foi de transição para a equipe, tanto na diretoria quanto no elenco, e que as mudanças renderam resultados positivos dentro de campo:

“Bom, nós estamos num momento de transição do clube, de diretoria. E reformulação, com jogadores novos. A expectativa nossa era retornar à elite do beisebol em um ou dois anos. E nós conseguimos antecipar bastante o retorno do Blue Jays à Taça Brasil, o que foi fruto de umas pequenas alterações que fizemos no clube. E a oportunidade desses jovens atletas de participarem desse grande torneio é muito boa. São jovens que estão dando a cara a tapa para colocar o Blue Jays no seu devido lugar.”

Sobre as chances da equipe vencer, o ex-jogador disse que a equipe corre por fora, mas que pode surpreender. “É um time jovem. Nós estamos apostando nos jogadores da casa, e não estamos trazendo jogadores de fora. Se o Pardinho for liberado, o que está difícil, vai ser um grande reforço. A linha de arremessadores nossa são de arremessadores jovens. Vamos usar alguns dos juvenis, caso eles estejam disponíveis na primeira etapa. O Blue Jays vai ser o time que vai estar correndo por fora. E, sem ter o peso nas costas, isso acaba facilitando um pouco. Vamos brigar para chegar às finais, sim.”

Com a temporada positiva, o Nippon Blue Jays começa na Taça Brasil nessa quinta-feira (15), no primeiro jogo do torneio. A partida será contra o Gecebs, no Estádio Mie Nishi, no Bom Retiro (São Paulo-SP).

A equipe também atua no sábado (17), em jogo contra o Anhanguera, a partir de 9h. No domingo, eles jogam contra o Medicina USP, às 13h, para encerrar a primeira etapa.

Resultado - XXXV Campeonato Brasileiro Interclubes Infantil - 2018

XXXV Campeonato Brasileiro Interclubes Infantil 2018


Realizado nos dias 10 e 11 de Novembro, no ACAE em Presidente Prudente, interior de São Paulo, o 35º Campeonato Brasileiro Interclubes Infantil premiou o Nippon Blue Jays como campeão da edição 2018. 

Esta edição do Brasileiro contou como 14 equipes dividas em quatro grupos. Além do campeão, disputaram a taça o Anhanguera, Atibaia, Bastos, Cooper Clube, Gecebs, Indaiatuba, Londrina, Marília, Naviraí, Nikkei Curitiba, Pinheiros, Presidente Prudente e Tozan.

Abaixo todos os placares e premiados desta edição:

Primeira Fase - Grupos

GRUPO A

 

GRUPO B

1 - Naviraí

 

5 - Anhanguera

2 - Pinheiros

 

6 - Nippon Blue Jays

3 - Bastos

 

7 - Marília

4 - Londrina

 

8 - Tozan

 

GRUPO C

 

GRUPO D

9 - Cooper Clube

 

12 - Presidente Prudente

10 - Gecebs

 

13 - Indaiatuba

11 - Nikkei Curitiba

 

14 - Atibaia


Primeira Fase - Jogos (10/11)

 

GRUPO A - Campo 2

J 01

Naviraí

0

x

10

Bastos

J 02

Pinheiros

7

x

12

Londrina

J 03

Bastos

32

x

0

Londrina

J 04

Naviraí

7

x

2

Pinheiros

 

 

GRUPO B - Campo 3

J 05

Anhanguera

5

x

9

Marília

J 06

Nippon Blue Jays

 

WO

 

Tozan

J 07

Marília

4

x

5

Nippon Blue Jays

J 08

Anhanguera

 

WO

 

Tozan

 

 

GRUPO C - Campo 4

J 09

Cooper Clube

6

x

3

Gecebs

J 10

Nikkei Curitiba

21

x

10

Gecebs

J 11

Cooper Clube

4

x

18

Nikkei Curitiba

 

 

GRUPO D - Campo 1

J 12

Presidente Prudente

11

x

10

Indaiatuba

J 13

Atibaia

14

x

10

Indaiatuba

J 14

Presidente Prudente

14

x

1

Atibaia

 

Segunda Fase - Chaveamento

OURO

 

PRATA

Bastos

 

Londrina

Nippon Blue Jays

 

Marília

Nikkei Curitiba

 

Cooper Clube

Presidente Prudente

 

Atibaia

 

BRONZE

 

INCENTIVO

Indaiatuba

 

Tozan

Naviraí

 

Pinheiros

Anhanguera

 

Gecebs

 

Segunda Fase - Jogos (11/11)

 

OURO / PRATA - Campo 1

J 21

Presidente Prudente

3

x

13

Nippon Blue Jays

J 25

Cooper Clube

0

x

9

Marília

J 23

Nippon Blue Jays

11

x

10

Nikkei Curitiba

 

 

OURO / PRATA - Campo 2

J 22

Nikkei Curitiba

4

x

3

Bastos

J 24

Atibaia

12

x

0

Londrina

J 26

Marília

11

x

1

Atibaia

 

 

BRONZE - Campo 3

J 27

Anhanguera

9

x

1

Naviraí

J 28

Indaiatuba

10

x

6

Naviraí

J 29

Anhanguera

8

x

5

Indaiatuba

 

 

INCENTIVO - Campo 4

J 30

Gecebs

 19

x

 0

Pinheiros

J 31

Tozan

 

WO

 

Pinheiros

J 32

Gecebs

 

WO

 

Tozan

 

Classificação Final das equipes:

OURO

                1º - Nippon Blue Jays

                2º - Nikkei Curitiba

                3º - Presidente Prudente

                4º - Bastos

PRATA

                1º - Marília

                2º - Atibaia

                3º - Cooper Clube

                4º - Londrina

BRONZE

                1º - Anhanguera

                2º - Indaiatuba

                3º - Naviraí

INCENTIVO

                1º - Gecebs

                2º - Pinheiros

                3º - Tozan

               

Premiação Individual:

1º Melhor Rebatedor: NICOLAS YOSHIO OKU – Nikkei Curitiba (77,9%)

2º Melhor Rebatedor: ENZO YUDI UMEDA ERCOLE – Nikkei Curitiba (75%)

3º Melhor Rebatedor: ANDRE KENZO SETAGAWA – Nippon Blue Jays (75%)

Melhor Empurrador de Carreiras: LUCA NAOTO TSURU – Bastos (14 C.)

Melhor Conquistador de Carreiras: LEONARDO NICOLAO YOSHIOKA – Nikkei Curitiba (9 C.)

1º Home Run: LUCA NAOTO TSURU – Bastos (6 HR)

2º Home Run: LEONARDO NICOLAO YOSHIOKA – Nikkei Curitiba (3 HR)

Melhor Roubador de Bases: NICOLAS YOSHIO OKU – Nikkei Curitiba (6 B.)

Melhor Arremessador: TOMAS JOJI UEMURA – Nippon Blue Jays

Arremessador Destaque: ENZO YUDI UMEDA ERCOLE – Nikkei Curitiba

Melhor Receptor: ARTHUR BOTANA BRITO – Nippon Blue Jays

Melhor Defensor Interno: ARTHUR BOTANA BRITO – Nippon Blue Jays

Melhor Defensor Externo: JOÃO VITOR ROBERTO DOS SANTOS – Presidente Prudente

Jogador Mais Esforçado: LUCAS YANO PEREIRA – Nippon Blue Jays

Melhor Jogador do Campeonato: LEONARDO NICOLAO YOSHIOKA – Nikkei Curitiba

Técnico Campeão: CLAUDIO MATSUMOTO – Nippon Blue Jays

 

Atleta Destaque Prata: FELIPE CUSTÓDIO DA COSTA SANTOS – Marília

Atleta Destaque Bronze: CHRISTIAN KIYOHIDE YONAMINE– Anhanguera

Atleta Destaque Incentivo: FELIPE YUDI SHIBATA – Gecebs

 

Atletas Destaque por Equipe

Anhanguera – NICOLAS KENZO MASHIBA

Atibaia – ENZO YUKI TAO

Bastos – DJULLIAN KAIZO GOHARA

Cooper – GABRIEL YUJI MOYA VENTURA

Gecebs – DENER PEREIRA DA SILVA

Indaiatuba – GABRIEL SEKIGUCHI

Londrina – RAPHAEL TETSUYA MIYADA

Marília – MATHEUS REIS LANDI DE MOURA

Naviraí – WEVERTON PEREIRA NEVES

Nikkei Curitiba – KATSUMI ABE

Nippon Blue Jays – GUSTAVO YUJI KITAMURA OKADA

Pinheiros – AMANDA SAYURI HANDA

Presidente Prudente – VITOR HUGO CAIN QUINTILIANO

Tozan – IAGO YUDI SATO BALTAZAR

Nippon Blue Jays Campeão Brasileiro
Nippon Blue Jays Campeão Brasileiro

 

Taça Brasil: Com objetivo de chegar à semifinal, Anhanguera estreia na quinta

Por Vinícius Veiga, da Agência Interbase


A COPA TOYOTA TAÇA BRASIL DE BEISEBOL E SOFTBOL – 2018 está próxima de começar. O torneio, que tradicionalmente é realizado no estádio Mie Nishi, localizado no Bom Retiro (São Paulo-SP), contará com a participação de cinco equipes em busca desse aclamado título.

O Anhanguera (também conhecido como ANC) não esteve na disputa do ano passado, e agora tem a chance de recolocar seu nome na história do torneio. Na estreia, o time encara o Medicina USP, jogo que acontecerá nesta quinta-feira (15, a partir das 13h).

O segundo jogo do Anhanguera está marcado para este sábado, às 9h, em partida diante do tradicional Nippon Blue Jays. O primeiro fim de semana de jogos do time termina no domingo, em jogo contra o Marília (9h).

Tiago Campos de Magalhães, jogador do time, conversou com a Agência Interbase antes do início do torneio e falou sobre as expectativas da equipe para a competição.

“O ANC tem como objetivo inicial chegar até a semifinal, e a partir daí ver quais são nossas reais chances no campeonato”, afirmou Magalhães.

O Anhanguera teve uma participação muito positiva no Campeonato Brasileiro de Beisebol neste ano, quando em agosto ficou com a vice-colocação — perdeu na decisão apenas para o Nippon Blue Jays.

De acordo com Magalhães, a chance de disputar a Taça Brasil significa bastante para o time. “Para o nosso clube é uma oportunidade de manter vivo o beisebol, já que a pratica desse esporte está diminuindo em nossa agremiação.”

Com o time tendo disputado duas competições no ano, a Taça Brasil vem para fechar a temporada produtiva para eles. “Tivemos um ano longo com duas competições, mas conseguimos chegar até a final do Brasileirão mesmo não tendo nenhum favoritismo, e infelizmente perdemos, mas isso nos fortaleceu para o Taça Brasil.”

O Marília, atual campeão, tem o favoritismo para a competição, segundo Magalhães. “Acredito que só tem um favorito, que é o Marília, mas iremos forte contra todos e quem sabe a sorte não virá.”

O Anhanguera já provou há pouco tempo que pode muito bem contrariar as expectativas e, como Magalhães bem disse, o Campeonato Brasileiro fortaleceu a equipe para a Taça Brasil. É um time que, certamente, chega com tudo para a Taça Brasil.

Confederação Brasileira
de Beisebol e Softbol

Contato

  • (11) 5034-9904
  • (11) 5034-0262
  • contato@cbbs.com.br

Onde Estamos

  • Rua Visconde de Ourem, 161
  • Jd. Aeroporto - São Paulo - SP
  • CEP: 04632-020